Notícias deslizantes

Menu

terça-feira, 28 de março de 2017

Parábola do Grande banquete

Resultado de imagem para Parábola do Grande banquete

15. A estas palavras, disse a Jesus um dos convidados: Feliz daquele que se sentar à mesa no Reino de Deus!
16. Respondeu-lhe Jesus: Um homem deu uma grande ceia e convidou muitas pessoas.
17. E à hora da ceia, enviou seu servo para dizer aos convidados: Vinde, tudo já está preparado.
18. Mas todos, um a um, começaram a escusar-se. Disse-lhe o primeiro: Comprei um terreno e preciso sair para vê-lo; rogo-te me dês por escusado.
19. Disse outro: Comprei cinco juntas de bois e vou experimentá-las; rogo-te me dês por escusado.
20. Disse também um outro: Casei-me e por isso não posso ir.
21. Voltou o servo e referiu isto a seu senhor. Então, irado, o pai de família disse a seu servo: Sai, sem demora, pelas praças e pelas ruas da cidade e introduz aqui os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos.
22. Disse o servo: Senhor, está feito como ordenaste e ainda há lugar.
23. O senhor ordenou: Sai pelos caminhos e atalhos e obriga todos a entrar, para que se encha a minha casa.
24. Pois vos digo: nenhum daqueles homens, que foram convidados, provará a minha ceia.

Lucas 14, 15-24    Mateus 22, 1-14

Como se deu a queda do Império Romano do Ocidente?

crise-do-imperio-romano-historia

As invasões bárbaras impossibilitaram o Império Romano de se expandir territorialmente como fazia antes. Ele utilizava os prisioneiros de guerra e escravos, mas, com o fim da expansão houve a diminuição do número desses, o que gerou baixa na produção, inflação alta e aumento dos preços, aumento de impostos, que levaram às revoltas sociais. Com isso houve atraso nos salários dos soldados romanos, que se recusavam a defender Roma, o que também facilitou as invasões bárbaras.

Os Primeiros Escritores Cristãos

didaque-225x225

Após os escritos do Novo Testamento, houve, ainda no século I e no começo do II, os dos Padres Apostólicos (assim chamados porque estiveram em contato direto com os Apóstolos). Sobrevieram, nos séculos II/III, os Apologetas ou escritores que defenderam a fé cristã contra os pagãos e as primeiras heresias.

Os Padres Apostólicos

Dada a sua antiguidade, são muito estimados. Os seus escritos têm certa semelhança com os do Novo Testamento, a ponto que alguns chegaram a ser considerados canônicos (assim a Didaquê, a epístola de Clemente, a do Pseudo-Barnabé). Não escreveram tratados teológicos, mas geralmente cartas em língua grega, que abordam assuntos de disciplina, recomendam a unidade da Igreja e a autoridade dos Apóstolos. Eis os principais autores:

Só Cristo pode fundar uma Igreja

vaticanoÉ ilógico dizer que todas as religiões são equivalentes entre si

Temos de respeitar a crença de cada pessoa; a liberdade religiosa é algo fundamental, mas não é verdade que todas as religiões e Igrejas são igualmente válidas. As muitas religiões ou seitas foram fundadas por simples mortais, e não por Deus, por isso não se pode dizer que todas as religiões são boas, e que basta ser religioso e seguir qualquer uma delas. Se isso fosse verdade, Jesus não precisaria ter vindo a este mundo, fundar a Sua Igreja e morrer numa cruz. Bastava deixar os homens continuar no paganismo ou se salvarem nas outras religiões. Assim não seria necessário todo o esforço de evangelização em todo o mundo, com milhares de mártires, missionários, etc…

segunda-feira, 27 de março de 2017

A Igreja Católica e os Ritos

Vaticano_WikipediaJanericloebe_DominioPublico_1

A Igreja católica possui 6 ritos. Todas essas igrejas reconhecem o primado do Papa. Trata-se de uma unidade na diversidade.

1 – Rito latino:

Igreja Católica Apostólica Romana

Observe-se que dentro da igreja romana existem quatro ritos, que não se constituem em igrejas.

– rito Latino Romano – é o que conhecemos no Brasil;

– rito Ambrosiano – utilizado na Arquidiocese de Milão, teve sua origem em Santo Ambrósio, mentor de Santo Agostinho;

Como o diabo derruba um homem ou uma mulher de Deus

Resultado de imagem para Como o diabo derruba um homem ou uma mulher de Deus

As 3 primeiras armas são:

1) Dinheiro

2) Orgulho

3) Vida sentimental

E a 4ª arma é....

Agora vamos a nossa história para você descobrir qual é a 4ª arma usada pelo diabo para destruir os que fazem a obra de Deus. Havia um irmão em uma igreja que tinha sucesso em tudo o que fazia. Tinha comunhão com Deus e andava em santidade, orando, jejuando e lendo a Bíblia. Aonde ele ia, desenvolvia o trabalho. E mais, muitas pessoas se convertiam, pois, ali havia curas, milagres, etc.

Cura de um doente

Imagem relacionada

1. Jesus entrou num sábado em casa de um fariseu notável, para uma refeição; eles o observavam.
2. Havia ali um homem hidrópico.
3. Jesus dirigiu-se aos doutores da lei e aos fariseus: É permitido ou não fazer curas no dia de sábado?
4. Eles nada disseram. Então Jesus, tomando o homem pela mão, curou-o e despediu-o.
5. Depois, dirigindo-se a eles, disse: Qual de vós que, se lhe cair o jumento ou o boi num poço, não o tira imediatamente, mesmo em dia de sábado?
6. A isto nada lhe podiam replicar.

Índice Por Categorias


Carregando...

Google+ Followers