O DIÁRIO DE DEUS

Notícias deslizantes

Menu

As Sandálias de Jesus analisadas por professor de genética: são do século I e o pó é de Jerusalém

Fragmentos das Sandálias de Cristo

Fragmentos das Sandálias de Cristo, encastoados em sandálias de coroação

Nosso Jesus Cristo usava sandálias, segundo o costume dos judeus na Palestina.

O Evangelho de São Lucas reproduz as seguintes palavras de São João Batista:
“16. ele tomou a palavra, dizendo a todos: Eu vos batizo na água, mas eis que vem outro mais poderoso do que eu, a quem não sou digno de lhe desatar a correia das sandálias; ele vos batizará no Espírito Santo e no fogo.” (São Lucas 3,16)
E São Marcos narra as seguintes palavras de Nosso Senhor:

O gótico e a luz primordial da Inglaterra: apostolado de Pugin

Westminster Parlamento

A grandeza imperial da Inglaterra do século XIX consistiu em absorver o império colonial de Portugal e da Espanha e de os reduzir a nada.
Essa já não era a Inglaterra do Parlamento cheio de espírito gótico.
Essa não era a Inglaterra de Westminster. É uma outra Inglaterra: a do dinheiro.

O gótico e a conjugação da força com a delicadeza em Londres

St Giles, Cheadle, arquitectura de Augustus Welby Pugin

Augustus Welby Pugin foi filho de um arquiteto francês de origem nobre, emigrado durante a Revolução de 1789.
Nasceu em Londres, a 1º de Março de 1812. Porém, foi educado pela mãe num rígido calvinismo.
Em 1834, aos 19 anos de idade, ele descobriu a arte medieval e se tornou católico.

São Casimiro: príncipe real virgem e cerimonioso mas guerreiro sagaz

São Casimiro. Catedral de Vilnius, Lituânia

São Casimiro, príncipe polonês nascido em 1458, foi o terceiro filho de Casimiro III, rei da Polônia, e Isabel da Áustria, filha do imperador Alberto III.
O jovem príncipe, criança ainda, dedicou-se a prática de mortificação e piedade, usava um cilício sobre seus trajes, o corpo e seu espírito era tão muito unido a Deus que sua paz interior se manifestava numa grande serenidade do rosto, amava profundamente a Igreja e uma coisa lhe tornava cara a partir do momento em que a glória de Deus fosse dela objeto.

Vitrais da catedral de CHARTRES: representação da beleza; e na beleza, a suma verdade

Vitral de Carlosmagno, catedral de Chartres, França, catedrais medievais

Vitral de Carlos Magno, catedral de Chartres, França

Os famosos vitrais da catedral gótica de Chartres, na França, contêm um ensinamento magnífico.
O espírito da Igreja é o espírito de Deus: sabe unir o prático ao belo.

A SAINTE CHAPELLE: Elevação e intimidade

Cripta da Sainte-Chapelle

Há muitos anos, quando visitei a Sainte Chapelle (Capela Santa) pela primeira vez, pensei que esta parte baixa fosse a capela principal.
Julguei-a tão bonita que, ao vê-la, soltei uma exclamação; a qual, em mim, tem muito significado, porque não sou muito exclamativo.

A ciência impotente para explicar a imagem do Santo Sudário

O Dr Paolo di Lazzaro ao trabalho no ENEA.

O Dr Paolo di Lazzaro ao trabalho no ENEA.

A Agência Nacional da Itália para Novas Tecnologias, Energia e Desenvolvimento Econômico Sustentável – ENEA, após cinco anos de experimentos em seu Centro de Frascati, não conseguiu imitar “a cor que se encontra no tecido de linho do Santo Sudário”.
Os cientistas tentaram produzi-la sem sucesso, apelando para raios ultravioletas.

Índice Por Categorias


Carregando...

Google+ Followers