Notícias deslizantes

Menu

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

O Dia da Bíblia

bible1417729

A Igreja no Brasil dedica o mês de setembro à Bíblia, o que é muito significativo e bom, pois a Palavra de Deus ilumina a vida de cada cristão e da Igreja. É uma grande oportunidade para se conhecer melhor as Sagradas Escrituras, que são como placas de trânsito a nos mostrar o caminho seguro a ser seguido, para não correr o risco de entrar em uma contra mão e acabar sofrendo um grande acidente, trazendo lesões irreversíveis e cicatrizes por toda vida. A Bíblia é sempre para nós a luz de nossa caminhada.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

São Miguel Arcanjo: Príncipe da Milícia celeste, poderoso escudo contra a ação diabólica

Comemora-se a 29 de setembro a festa do glorioso São Miguel, cuja invicta combatividade em defesa do Deus onipotente é assim descrita no Apocalipse:
“Houve uma batalha no Céu: Miguel e os seus Anjos guerrearam contra o Dragão. O Dragão batalhou, juntamente com os seus Anjos, mas foi derrotado e não se encontrou mais um lugar para eles no Céu” (Apoc. 12, 7-8).

A Arte de Estar Bem

Muitos acham que bem-estar é o mesmo que saúde, mas este não é o caso. O bem-estar é o que vem depois da boa saúde. A saúde faz você sentir-se normal, mas o bem-estar faz você sentir-se melhor que antes, física e emocionalmente. Um grande médico certa vez escreveu sobre isso, e vale a pena ler.

A Arte de Viver Bem

Preciosas Lições de Vida de Regina Brett

A senhora Regina Brett, de Cleveland, Ohio (EUA), escreveu este texto, que foi publicado no jornal local. Pareceu-nos ótimo e, por isso, repassamos para você:

“Agora, que já passei dos 90 anos e para comemorar a minha velhice, escrevi 40 lições que a vida me ensinou, e que desejo compartilhar com o maior número de pessoas que for possível:

1. A vida não é justa, mas ainda é muito boa.

2. Quando estiver em dúvida, dê apenas um passinho pequeno.

3. A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.

4. Seu trabalho não vai cuidar de você quando você estiver doente. Seus amigos e sua família, sim. Portanto, fique em contato com eles.

5. Complete todas as suas obrigações a tempo.

6.Você não tem que vencer toda discussão. Concorde em discordar.

7. Chore com alguém. É melhor do que chorar sozinho.

8. Converse com Deus, pois ele ouve.

9. Poupe para a aposentadoria a partir do seu primeiro salário.

10. Quando se trata de chocolate, a resistência é em vão.

11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalhará o seu presente.

Se Eu Tivesse Minha Vida Para Viver Novamente...

Erma Bombek era uma comediante americana que ganhou popularidade graças à sua coluna em jornais, descrevendo a vida cotidiana nos subúrbios, desde meados dos anos 70 até o final dos 90. Erma escreveu este poema após descobrir que tinha um câncer terminal...

"Se eu tivesse minha vida para viver novamente...

Eu teria ido para a cama quando estava doente, em vez de achar que a terra iria parar se eu não estivesse nela no dia seguinte.

Eu teria acendido aquela vela em formato de rosa, antes dela ter ser derretido guardada no armário.

Eu teria convidado amigos para o jantar, sem me importar com o tapete que estava manchado e o sofá desbotado.

Eu teria comido pipoca na "sala de visitas" e gostaria de ter me preocupado menos com a sujeira quando alguém queria acender um fogo na lareira.

Festa dos arcanjos

“São Gabriel com Maria, São Rafael com Tobias, São Miguel com todas as hierarquias, abri para nós esta via.”
Comemoramos a festa de três Arcanjos neste dia: Miguel, Gabriel e Rafael. A Igreja Católica, guiada pelo Espírito Santo, herdou do Antigo Testamento, a devoção a estes amigos, protetores e intercessores, que do Céu vêm em nosso socorro.
“Miguel”, que significa: “Quem como Deus”, segundo a Bíblia, ele é um dos sete espíritos assistentes ao trono do Altíssimo, portanto, um dos grandes príncipes do Céu e ministro de Deus.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

As Lutas do Padre Pio Com o Demônio

O demônio após ter sido expulso do paraíso por São Miguel e seu anjos e sendo precipitado na terra (Apocalipse 12, 7-12) continua existindo; o seu papel ativo, não pertence ao passado e nem é uma fantasia popular. O diabo continua ativo hoje mais do que nunca, induzindo os homens ao pecado e a perdição. Baudelaire afirmava justamente que a principal atividade de Satanás, nos tempos de hoje é fazer com que as pessoas não acreditem na sua real existência e assim não rezem e nem peçam a proteção do alto. Com o caminho livre o inimigo faz desastres na humanidade sem ser percebido e combatido.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

É verdade que Deus castiga?

Deus, sendo todo amor, pode castigar Seus filhos?
Muitas vezes, diante de tragédias, mortes, catástrofes e acontecimentos desagradáveis, deparamo-nos com a declaração: "Foi a vontade do Senhor". Entretanto, também é sabido que o Ele é amor e incapaz de atos maus. Então, o que pensar? Deus castiga ou não?
Para esclarecermos essa questão, encontramos, no livro de Hebreus, uma característica de Deus-Pai: "O Senhor corrige quem Ele ama e castiga quem aceita como filho" (cf. Hb 12, 6). Então, poderíamos dar por encerrado o assunto e aceitar que Deus castiga e que a Bíblia confirma isso. Porém, na "Constituição Dogmática Dei Verbum, art. 12", a Igreja nos exorta que "para aprender com exatidão o sentido dos textos sagrados deve-se atender com não menor diligência ao conteúdo e à unidade de toda a Escritura, levadas em conta a tradição viva da Igreja toda e a analogia da fé".

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Aceitar as escolhas de Deus traz bênçãos para nós

A Palavra meditada, hoje, está em Isaías 65,22b-24:
"A vida do meu povo será longa como a das árvores, meus escolhidos vão gozar do fruto do seu trabalho. Ninguém trabalhará sem proveito, ninguém vai gerar filhos para morrerem antes do tempo, porque esta é a geração dos abençoados do SENHOR, ela e seus descendentes. E, então, antes que me chamem, já estou respondendo, ao começarem a falar, já estou atendendo.'"

A alegria de Deus é nos ver cheios de alegria

A Palavra meditada hoje está em Eclesiástico 30,22-27:
22. Não entregues tua alma à tristeza e não aflijas a ti mesmo com tuas preocupações.
23. A alegria do coração é a vida da pessoa, tesouro inexaurível de santidade, a alegria da pessoa prolonga-lhe a vida.
24. Tem compreensão contigo mesmo e consola teu coração; afugenta para longe de ti a tristeza.
25. A tristeza matou a muitos e não traz proveito algum;
26. o ciúme e a raiva abreviam os dias, como a preocupação traz a velhice antes do tempo.

domingo, 20 de setembro de 2015

As Perguntas Que Temos Medos De Fazer

"Julgue-se um homem mais pelas suas perguntas do que pelas suas respostas."

~ Voltaire

Perguntas têm imenso poder, pois podem nos fornecer infinitas possibilidades, enquanto uma resposta só nos dá uma. As perguntas que você verá aqui foram criadas para trazer novas respostas e novas formas de pensar sobre a sua vida, quem você é e o que você quer. Nós recomendamos que pare um pouco para refletir sobre elas - você pode se surpreender com as respostas que vai encontrar!

Perguntas

sábado, 19 de setembro de 2015

Por que me sinto sozinho na era das redes sociais?

As redes sociais e as novas formas de comunicação são um instrumento eficaz de comunicação? Tendo a capacidade de aproximar pessoas que se encontram muito distantes fisicamente, como se explica este fenômeno de fechamento de si e solidão por parte de alguns?
1. O homem na sua natureza nasceu para o encontro e a comunicação. Quem não experimenta este anseio de ter amigos, companhia e comunicar com os outros? Não nascemos para estar sozinhos, para viver cada um por sua conta. A nossa realização e a nossa felicidade dependem do ato de compartilhar com os outros. É este o anseio que impulsiona o homem a estabelecer ligações, a buscar formas de comunicar, e com a criatividade humana, dom de Deus, se estabeleceram imensas possibilidades para encurtar as distâncias e ultrapassar as barreiras para comunicar. É este o fim, e para isso deveriam apontar estes instrumentos.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Quem precisa mudar sou eu

Eu gosto de escrever, sobretudo sobre as minhas vivências com Jesus. Esta manhã, estive retocando um livro que poderia ser uma resposta a muitas inquietudes. Estava por terminar, quando uma prima da minha esposa me enviou um vídeo que me encantou.
Era sobre o sentido da vida e sobre quão pouco admiramos a criação. Mostrava o quanto perdermos ao não observar a realidade ao nosso redor e perceber que tudo é um presente que nos é dado.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Aos pés da Santa Cruz

img0981

Aprendamos a meditar muitas vezes na dor de Maria, e isso nos dará força para sermos humildes e corajosos diante da dor!

Jesus sofreu mais do que qualquer outro ser humano pode sofrer; não só pelos tormentos, mas pela qualidade da sua natureza que sobressai entre todas pela compreensão, sensibilidade, delicadeza, horror pelo mal, amor à verdade, ao bem, à justiça. E ninguém, depois de Jesus, sofreu mais que Maria. Ela teria sofrido menos se pudesse morrer com seu Filho; mas para que seu martírio fosse completo, foi preciso que visse Jesus agonizar crucificado, levantado por três longas horas entre o céu e a terra. Foi preciso que ela o visse gemer, morrer… e ela vivesse.

Nossa Senhora de Czestochowa, Rainha da Polônia

Nossa Senhora de Czestochowa Rainha da Polônia.jpg

De acordo com uma antiga tradição, o quadro de Nossa Senhora de Czestochowa é uma cópia fiel da pintura feita por São Lucas evangelista, que por ocasião das seguidas visitas que fez à Mãe de Deus para colher dela os pormenores da infância de Jesus, pintou a imagem da Virgem Maria na tábua da mesa de cedro que ela utilizava para trabalhar e rezar.

Quando iniciou a pintura do rosto da imagem, o evangelista, preocupado em exprimir da melhor forma possível toda beleza de Nossa Senhora, recolheu-se e acabou adormecendo, quando acordou, a obra estava totalmente pronta.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

A exaltação da Santa Cruz

santacruz

A 14 de setembro, a Igreja celebra a Festa da Exaltação da Santa Cruz. Essa festa vem dos primórdios da cristandade, porque a morte do Senhor sobre a Cruz é o ponto culminante da Redenção da humanidade. A glorificação de Cristo e a nossa salvação passam pelo suplício da Cruz. Cristo, encarnado na Sua realidade concreta humano-divina, se submete voluntariamente à humilde condição de escravo (a cruz era o tormento reservado para os escravos) e o suplício infame transformou-se em glória perene.)

14 de Setembro - Dia da Cruz

Os 7 Significados da Cruz
A Cruz do Arcanum da Imortalidade
por V. M. Raphael


A princípio devemos sempre alertar a todos sobre todos os perigos do caminho do Fio da Navalha, ou seja, o grande arcanum é uma realidade hermética de fato. Mas vale ressaltar que é o arcano muito exigente, ninguém poderá nascer nos mundos internos para a gloria eterna alimentando o agregado psíquico, alimentando uma infinidade de defeitos psicológicos. Um método simples de auto observação plena é que ao se ver um só detalhe de defeito em nosso semelhante é já um forte sinal que possuímos em dobro ou até o triplo do mesmo defeito dentro de nós.

domingo, 13 de setembro de 2015

Cultivemos o amor em nosso coração

A Palavra meditada, hoje, está em São Mateus 12,33-37:
"Ou a árvore é boa, e o fruto, bom; ou a árvore é má, e o fruto, mau. É, portanto, pelo fruto que se conhece a árvore. Víboras que sois! Como podeis falar coisas boas, sendo maus? A boca fala daquilo de que o coração está cheio. Quem é bom faz sair coisas boas de seu tesouro, que é bom. Mas quem é mau faz sair coisas más de seu tesouro, que é mau. Eu vos digo: de toda palavra vã que se proferir há de se prestar conta, no dia do juízo. Por causa das tuas palavras serás considerado justo; e por causa das tuas palavras serás condenado".
Árvore boa, dá fruto bom; árvore má, dá frutos ruins. Não tem como uma pessoa, com sua raiz ácida, dar frutos doces. A raiz da planta está no solo, a raiz do homem está no coração. Damos o fruto conforme os sentimentos do nosso coração.

Matias, o apóstolo substituto

( ~5 - 45)


  Apóstolo de Cristo de quem menos se sabe entre todos os apóstolos e escolhido por eles, entre os numerosos discípulos que seguiam Jesus desde o começo de sua vida pública, para preencher a vaga no colégio apostólico deixada por Judas Iscariotes após seu suicídio. Testemunha de todo o drama da paixão, morte e ressurreição de Jesus, de acordo com os evangelhos, teria sido, então, um dos cerca de 70 discípulos enviados pelo Mestre a diversas cidades após a ressurreição, para difundir o Evangelho. Sua escolha foi descrita nos Atos dos Apóstolos disputando a posição com José Barsabás. Sua eleição significou, na hierarquia cristã, ter sido o primeiro bispo ou recipiente da sucessão apostólica. Estabeleceu o fundamento para o Cristianismo Egípcio e de acordo com seus ensinamentos, os filósofos esotéricos cristãos do segundo século, Alexandria e os alexandrianos, Basilides e seu filho Isadore, estabeleceram a forma gnóstica de misticismo que é característica dessa interpretação. Foi um dos cinco Apóstolos na Armênia sendo mais provável que ele, e não Mateus, quem tenha sido condenado e martirizado pelo Sanhedrin judaico na Pérsia. Poucos relatos existem sobre sua vida, mas a tradição diz que ele morreu martirizado e decapitado em Colchis, perto do Mar Negro e, muitas vezes, teve seu nome confundido com o de Mateus. Ele está ligado também à Etiópia, que pode ter sido uma parte da Macedônia ou Armênia, e teve fortes ligações com Felipe, Tomé e outros evangelistas da Etiópia. Contudo, as estórias que o conectam ao Norte da África e a visitas aos canibais podem apontar para a Etiópia Africana, citada por Felipe através das sobreviventes tradições dos Cristãos Cóptas. O dia de sua festa votiva é 14 do maio.

Figura copiada do site da paróquia N.S.CARMO:
http://www.paroquianossasenhoradocarmo.com/

http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/SaoMatia.html

sábado, 12 de setembro de 2015

Novena ao Santo Padre Pio

Novena ao Padre Pio

Dia 23 de setembro é dia de Santo Padre Pio

Vamos todos iniciar a Novena a partir do dia 14 de setembro.

Novena:

Coroa ao Sagrado Coração de Jesus

1 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade vos digo, pedi e recebereis, procurai e achareis, batei e ser-vos-á dado!” Eis que bato, procuro e peço a graça. Pai Nosso Ave Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

2 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade, vos digo, qualquer coisa que pedis ao meu Pai em meu nome, Ele vo-lo concederá!” Eis que ao Vosso Pai, em Vosso nome, eu vos peço a graça. Pai Nosso Ave Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

3 – Ó meu Jesus, que dissestes: “Em verdade, vos digo, passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras jamais passarão!” Eis que, apoiado na infalibilidade das Vossas santas palavras, eu Vos peço a graça. Pai Nosso Ave Maria e Glória. Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós!

Judas Iscariotes, o apóstolo da traição

(~ 0 - 30 d. C.)


  Um dos 12 apóstolos de Jesus Cristo, nascido em Kerioth, localidade da Judéia, foi o que traiu Cristo e cuja traição deu origem a expressão beijo de Judas que passou a significar a traição. Único que não era galileu, era filho de Simão de Queriote (Jo 6, 71; 13, 26), sendo seu nome uma helenização do nome hebraico Judá. Por isso alguns estudiosos entendem que o nome Judas foi diabolizado no Novo Testamento, com a intenção de agredir o povo judeu, como sendo responsáveis morais pela morte de Cristo. Durante muito tempo, a Igreja Católica associou a sua figura ao povo judeu por não terem aceitado Cristo como o prometido Messias e esta convicção tornou-se uma das justificativas antissemitistas. Segundo as tradições foi um dos primeiros a juntar-se a Cristo e provavelmente por isso e por ser um dos poucos instruídos, tomou-se o tesoureiro dos Apóstolos, ou seja, foi designado para cuidar do dinheiro comum. Por causa de seu amor ao dinheiro, também foi enganado pelos sacerdotes que o induziram a mostrar onde estava Jesus a troco de 30 moedas de prata, que naquele tempo correspondia ao preço de um escravo, prometendo que só o prenderiam durante as festividades da Páscoa Judaica. Depois da última ceia, Jesus foi orar com os apóstolos no jardim de Getsêmani.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Simão apóstolo, o zelota ou o cananeu

( ~13 a. C. - 107)


  Apóstolo de Jesus Cristo nascido na Galiléia, escolhido para ser um dos Doze, e nas várias listas dos Apóstolos dadas no Novo Testamento, é o mais desconhecido dos apóstolos. Nas listas dos 12 apóstolos, seu nome aparece em décimo primeiro lugar e, a seu respeito, a Sagrada Escritura conserva somente o nome, derivado de Simeão e significa Ouvido de Deus. Para distingui-lo de Pedro, que também se chamava Simão, os evangelistas Mateus e Marcos lhe deram o sobrenome de Zelote (Lc 6:15) ou Cananeu. Os zelotes eram os patriotas de Israel, lutadores pela pátria, que desejavam a imediata libertação política e religiosa de Israel. Alguns estudiosos acreditam que Cananeu deriva de Canaã, a terra de Israel. Esse apelido pode significar tanto a cidade de origem, como a sua participação na seita ultra-nacionalista e não religiosa chamada de Os Zelotes, ou zeladores, conservadores das tradições hebraicas que lutavam para a libertação de Israel dos Romanos. Como os outros apóstolos, também percorreu os caminhos da Palestina pregando o Evangelho. Da mesma forma que Felipe, parece ter ido primeiro ao Egito, seguindo a tradição sinóptica de que Jesus enviava seus discípulos aos pares. No entanto, parece ter voltado através da África do Norte, Espanha e Bretanha, chegando à Ásia Menor. Deste ponto pode ter viajado com Judas pela Mesopotâmia e Síria, juntado-se à outros Apóstolos orientais na Pérsia. Segundo uma notícia de Egésipo, o apóstolo teria sofrido o  martírio durante o império de Trajano, contando já com a avançada idade de 120 anos. Sua festa votiva é celebrada juntamente com a de Judas Tadeu em 28 de outubro.

Figura copiada do site ENCUENTRA.COM:
http://www.encuentra.com/

http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/SaoSimao.html

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Senhor se Pode-se Vos Pedir

Senhor se pode-se vos pedir  algo agora, neste momento, uma única coisa me bastaria,

E seria para que vós me deixa-se vos amar como vós  merece ser  amado, e eu seria o  homem mais rico  e feliz do mundo! Pós sei que niquem pode vos amar se não  for permitindo por vós meu senhor! Permitam Senhor está grande e infinita  felicidade  a este seu humilde se o!  Tudo isto vos pessoas por vosso amado filho, Nosso Senhor Jesus Cristo na unidade do espírito Santo. Amém. Amém. Amém!.

(José Santos )

Terapeuta divino

Perdoai uns aos outros

Deus perdoa as nossas transgressões” (Sl 65,3)
Aquele que não é capaz de perdoar os outros destrói a ponte sobre a qual ele mesmo terá de passar”, escreveu Edward Herbert, célebre historiador britânico. Essas palavras destacam uma razão para ser perdoador: mais cedo ou mais tarde, podemos precisar que outros nos perdoem. (Mt 7,12). Mas há um motivo muito mais importante para ser perdoador, basta ler as palavras de São Paulo Apóstolo em Colossenses 3,13: “Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, toda vez que tiverdes queixa contra outrem. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai também vós”.

Judas Tadeu, o apóstolo dos angustiados

( ~ 10 a. C. - 70 )


  Apóstolo de Cristo nascido em Caná de Galiléia, na Palestina, era primo-irmão de Jesus e irmão de Tiago o Menor, que na última ceia, perguntou ao seu mestre: Senhor, por que te manifestarás a nós e não ao mundo? Agricultor, era filho de Alfeu ou Cleofas, um dos discípulos a quem Jesus apareceu no caminho de Emaús no dia da ressurreição e irmão de São José, e de Maria Cleófas, prima-irmã de Maria Santíssima, uma das piedosas mulheres que tinham seguido a Jesus desde a Galiléia e permaneceram ao pé da cruz, no Calvário, junto com Maria Santíssima. Tinha quatro irmãos: Tiago, José, Simão e Maria Salomé. Dos irmãos dele, Tiago foi um dos doze apóstolos, que se tomou o primeiro bispo de Jerusalém. José, apenas conhecido como o Justo. Simão foi o segundo bispo de Jerusalém, após Tiago. E Maria Salomé, a única irmã, foi mãe dos apóstolos Tiago o Maior e João Evangelista. Também chamado Lebeu Tadeu, é um dos doze citados nominalmente por Mateus e Marcos, em seus Evangelhos, e um dos mais fervorosos do grupo. Conforme os textos apócrifos, teria sido o esposo nas bodas de Caná, e isto explica a presença de Maria e de Jesus naquela realização. Depois da ascensão de Jesus e que os Apóstolos receberam o Espírito Santo (1), no Cenáculo em Jerusalém, iniciou a pregação de sua fé no meio dos maiores sofrimentos e perseguições, pela Galiléia.

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

12 Pensamentos de São João Paulo II

papajoaopauloii

1. “Sem Jesus Cristo o homem permanece para si mesmo um desconhecido, um enigma indecifrável, um mistério insondável; pois só Jesus Cristo revela o homem ao próprio homem.”

2. “O homem de hoje parece estar sempre ameaçado por aquilo mesmo que produz com o trabalho de suas mãos e da sua inteligência, e das tendências da sua vontade.”

3. “Um jovem cristão deixa de ser jovem, e há muito não é cristão, quando se deixa enganar pelo princípio fácil e cômodo, de que ‘o fim justifica os meios.'”

4. “Os pobres em espírito são aqueles que são mais abertos à Deus e às “maravilhas de Deus.”

5. “O homem não pode viver sem o amor. Ele permanece para si mesmo um ser incompreensível e a sua vida é destituída de sentido se não lhe for revelado o amor, se ele não se encontra com o amor, se o não experimenta e se não o torna algo seu próprio.”

6. “No mistério da Redenção o homem é novamente ‘reproduzido’ e, de algum modo, é novamente criado.”

7. “A Igreja existe para levar os seus filhos a serem santos.”

8. “A santidade é a força mais poderosa para levar Cristo ao coração dos homens.”

9. “O sentido essencial desta ‘realeza’ e deste ‘domínio’ do homem sobre o mundo visível, que lhe foi confiado pelo próprio Criador, consiste na prioridade da ética sobre a técnica, no primado da pessoa sobre as coisas e na superioridade do espírito sobre a matéria.”

10. “A fé e a razão constituem como que duas asas pelas quais o espírito humano se eleva para a contemplação da verdade.”

11. O século XX ficará considerado uma época de ataques maciços contra a vida, uma série infindável de guerras e um massacre permanente de vidas humanas inocentes. Os falsos profetas e os falsos mestres conheceram o maior sucesso possível.”

12. “Uma vez que se privou o homem da verdade, é pura ilusão pretender torná-lo livre.”

POR PROF. FELIPE AQUINO

O Senhor nos sustenta pela mão

Salmo 36,18-24:
"O Senhor conhece os dias dos inocentes, eterna será sua herança. No tempo da calamidade não serão confundidos, nos dias de fome serão saciados. Os ímpios morrerão, os inimigos do Senhor como as flores do campo vão murchar, e desaparecer como fumaça. O ímpio toma emprestado e não devolve, mas o justo tem piedade e doa. Pois quem tem a bênção de Deus possuirá a terra, quem é por ele maldito será exterminado. O Senhor firma os passos do homem, sustenta aquele cujo caminho lhe agrada. Se ele cair, não ficará prostrado, pois o Senhor segura sua mão".

Levi Mateus, o primeiro evangelista

(~0 - ~50)


  Um dos doze apóstolo de Cristo e escritor do primeiro dos três evangelhos sinóticos, que tem sido o mais utilizado pela igreja. Em hebraico o mesmo que Matias ou Matatias, significando presente (mathath) de Javé (Iah) ou dom de Deus, de acordo com o seu próprio Evangelho, seu nome original era Levi, filho de Alfeu, e foi chamado por Jesus junto ao mar da Galiléia, em Cafarnaum, quando trabalhava como publicano a serviço de Herodes Antipas. Era fariseu e publicano, ou seja, cobrador de impostos, justamente a classe muito odiada na época de Jesus, por cobrarem encargos dos judeus para serem entregues às autoridades romanas.  A sua presença no grupo de apóstolos indicava que Jesus buscava salvação de todos, independente de origem, trajetória, família etc. E ele aproveitou a oportunidade e transformou-se em um discípulo fiel, preocupado em demonstrar os judeus que seu Mestre, descendente da tribo de Davi, era o Messias esperado. Apesar de sua profissão anterior de coletor de impostos, foi Judas Iscariotes, porém, que teve o encargo de caixa da pequena comunidade apostólica. Embora conste da relação dos apóstolos, geralmente ao lado de Tomé, o Novo Testamento oferece informação escassa e incerta sobre ele.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

O direito de ser bom

Sede perfeitos como o Pai.
Vivemos num tempo muito bonito que se enriquece e se desenvolve dando sempre maior valor ao ser humano. Quando colocamos o convite à perfeição do ser humano, na perspectiva espiritual, não temos tanto espaço. Aqui entra a palavra moral que quase sempre é colocada como estraga prazeres.
Quando se fala de normas é comum se apelar para liberdade das pessoas como se a moral fosse repressão. É repressora quando a entendemos mal. A palavra moral, que está ligada a costumes, refere-se ao prático da vida. A boa compreensão permite perceber que ela estimula nossa liberdade e nos livra de sermos sujeitos a outros patrões.
Moisés recebeu a lei dos 10 mandamentos que concentram em poucas palavras o relacionamento com Deus fundado no amor e no acolhimento de sua santidade e no relacionamento com o próximo. Com relação ao próximo ela estimula e protege a vida, a família, o amor, os bens, a dignidade da pessoa e a própria consciência. É uma síntese perfeita de tudo que precisamos para bem viver.

São Tomé, também chamado Dídimo, o apóstolo do ascetismo

(~ 3 - 53)


  Um dos doze apóstolos de Jesus e israelita de nascimento e mais um pertencia a uma família de pescadores, que ausente no momento em que o Cristo reapareceu aos discípulos, exigiu destes provas materiais da ressurreição do Mestre e, por isso, Jesus ressurgiu e pediu-lhe que tocasse suas chagas. Carpinteiro de origem e frequentemente citado em passagens do Novo Testamento, nos quatro evangelhos. O Evangelho de João dá-lhe grande destaque. Em 11,16, cita que ele incitou os discípulos a seguir Jesus e a morrer com ele na Judéia dizendo então aos discípulos: Vamos também nós, para morrermos com ele! Foi ele que perguntou a Jesus, durante a Última Ceia, sobre o caminho que conduz ao Pai: Senhor, não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho? Diz-lhe Jesus: Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vem ao Pai a não ser por mim (João 14,5-6). Temperamento audacioso e cheio de generosidade, percorreu as etapas da fé e professou que Jesus era realmente Deus e Senhor. Ausente na primeira aparição duvidou dos colegas que Jesus tinha voltado. Oito dias depois, achavam-se os discípulos, de novo, dentro de casa, e o ascetista estava com eles. Jesus veio, estando as portas fechadas, pôs-se no meio deles e disse: A paz esteja convosco!.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Fazei tudo o que Ele vos disser

"Três dias depois, celebravam-se bodas em Caná da Galileia, e achava-se ali a mãe de Jesus. Também foram convidados Jesus e os seus discípulos. Como viesse a faltar vinho, a mãe de Jesus disse-lhe: Eles já não têm vinho. Respondeu-lhe Jesus: Mulher, isso compete a nós? Minha hora ainda não chegou. Disse, então, sua mãe aos serventes: Fazei o que ele vos disser." (João 2,1-5)
São muitas as pessoas que Deus coloca em nossa história para provocar em nós a santidade. Mas o que é a santidade? Alcança a santidade o ser humano que consegue se livrar dos excessos.
A Igreja nos convida a purificar o nosso coração dos nossos excessos. Se você viajar e levar muita mala, a viagem ficará pesada. Assim é a nossa vida. É preciso viver com leveza, e só consegue esvaziar a mala aquele que, de alguma maneira, já esvaziou o coração.
Às vezes, precisamos fazer o "retiro da boa morte", ou seja, retirar aquilo que não usamos mais e dar aos outros. A santidade acontece no íntimo do nosso coração quando retiramos de nossa alma o que nos pesa.

Bartolomeu, o apóstolo viajante

( Século I )


  Um dos 12 primeiros apóstolos de Cristo e nascido em Caná, a 14 quilômetros de Nazaré, na Galiléia, e que foi apresentado a Jesus pelo apóstolo e seu maior amigo Filipe, sob uma figueira. Filho de Tholmai e também conhecido como Natanael, assim como Tomé, era um viajante e atuou em áreas como Índia, Armênia, Irã, Síria e por algum tempo na Grécia, com Filipe, especialmente na Frígia. Além dos evangelhos de João, Mateus,Marcos e Lucas, os Atos referem-se a ele como um dos Doze. Porém de suas atividades apostólicas não há notícias certas. Uma tradição diz que ele trazia consigo o Evangelho Herético de Matias, escrito em hebraico, e o perdeu. As poucas anotações que restaram da era sub-apostólica e patrística indicam que este evangelho judeu era bastante diferente dos evangelhos gregos gentis de Mateus, Marcos, Lucas e João, assim como eram os tão chamados evangelhos judaico-cristãos heréticos dos Nazarenos, Ebionitas e Hebreus, dos quais só restaram fragmentos. Diferentemente dos evangelhos gentis, estas tradições consideravam o Espírito Santo como a Divina Mãe de Cristo e não adoravam Jesus como uma divindade, mas como um irmão mais velho e líder da comunidade dos santos de Deus.

domingo, 6 de setembro de 2015

Jesus cura suas feridas

Estamos diante da leitura em que o rei Ezequias vai receber uma notícia má. Todos os que estão doentes querem receber a visita de um profeta. Esse rei recebe a Palavra de Deus por intermédio do profeta, que vai até ele e lhe transmite uma mensagem do Senhor. Esse rei estava enfermo havia vinte anos e o profeta lhe diz: "Arrume as coisas de tua casa, pois vais morrer e não viverás". Suponha que você estivesse doente e eu fosse à sua casa lhe dar um recadinho do Senhor. E qual é a mensagem que devo lhe dar? É que você vai morrer e não viverá! Essa Palavra é para colocar você para cima ou para baixo?

Filipe, o apóstolo místico

( 8  -  95 )


  Um dos 12 primeiros apóstolos de Cristo e nascido em Betsaida, na Galiléia, segundo os evangelistas Mateus, Marcos e Lucas. Perdeu o pai exatamente na ocasião em que conheceu o Divino Mestre e tornou-se o quinto apóstolo na hierarquia de Cristo. Esteve presente na multiplicação dos pães e na última ceia (Jo 1,43-45; 6,5-7; 12,20-22; 14,8). Após a morte de Jesus viajou ao Egito, Etiópia (África) e ao Norte, e depois rumou para a Grécia onde viveu em Hierápolis com suas quatro filhas, que eram profetizas. Duas delas tornaram-se muito respeitadas por suas previsões. Era um judeu helenístico e, antes de mais nada, um evangelista para as sinagogas judaicas de língua grega da Cítia, Frígia e dos arredores da Grécia e Macedônia. No Evangelho de João aparece como grande amigo do apóstolo Bartolomeu e cita que ele ficou profundamente impressionado sobre o mistério da Trindade relatado por Jesus, durante a última ceia. O resto de sua vida não consta em nenhum relato, assim como a sua morte. Consta que em sua mensagem preservava um belo misticismo baseado na santidade do casamento.

sábado, 5 de setembro de 2015

Os anjos e a providência divina

Estamos numa época em que as pessoas falam muito de anjos; há nas livrarias muitos livros que falam deles como nossos companheiros, personagens para fazer os nossos caprichos. Mas não é essa a visão que nós cristãos temos dos anjos.
Todas as vezes que os anjos aparecem nas Sagradas Escrituras, podemos até pensar neles como um bebê com uma carinha gordinha, mas quando se apresentam a nós, eles avisam: "Não tenham medo". O anjo Gabriel apresentou-se a Nossa Senhora e lhe disse: "Não temas". Eles se apresentam a nós cheios de luz e de glórias; e as pessoas têm medo até de morrer diante dessa presença divina. Os anjos são o reflexo da glória de Deus! Eles nos ajudam a viver a vontade do Senhor, que é sempre desafiadora.
Gostaria de lhes contar sobre o livro de Tobias, que, na verdade, é uma grande catequese dos anjos, de como eles aparecem em nossa vida.

São Tiago apóstolo, o menor

(~ 0  - 62)


  Apóstolo de Cristo nascido em Nazaré, primo de Jesus e irmão de Judas Tadeu, também conhecido como o Desconhecido, que o evangelista Marcos chamou de o Menor para distinguí-lo de Tiago, irmão de João, entra em cena como bispo de Jerusalém, após o martírio de Tiago, o Maior (42), e após o afastamento de Pedro de Jerusalém. Agricultor, era filho de Alfeu, um irmão de São José, e de Maria Cleófas, prima-irmã de Maria Santíssima. Tornou-se um membro altamente respeitado da recém-nascida comunidade cristã em Jerusalém e é considerado o primeiro bispo de Jerusalém, cuja igreja dirigiu por cerca de vinte anos (42-62). Também chamado de o Justo pelos primeiros cristãos devido à sua grande piedade, sua imagem austera sobressai pela Epístola que dirigiu, como uma encíclica, a todas as comunidades cristãs. Pertencem a ele as tradições Judaico-Cristã preservadas no Evangelho dos Ebionitas, Evangelho dos Hebreus, Elevações de Tiago, na última Epístola Canônica de Tiago e possivelmente em outras obras associadas a seu nome como o Protevangelium, embora haja dúvidas sobre isso. A sua epístola (carta dos Apóstolos e comunidades cristãs primitivas) apresenta autênticos ensinamentos preservados na tradição apostólica oral, com fortes expressões de admoestações e cujo texto continua atualíssimo.

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

25 Dicas Para Viver Por Muito Mais Tempo

Ter uma vida longa nem sempre significa ter uma vida feliz, e muitas pessoas temem que seus anos finais sejam difíceis e desagradáveis. A verdade é que não há nada que nos impeça de viver uma vida tão longa quanto feliz, e existem inúmeros estudos, dicas, conselhos e pessoas com experiência inegável que podem ajudar-nos a chegar a esse objetivo. Você não precisa seguir à risca todos os itens dessa lista, mas adotar algumas dessas sugestões pode resultar em um estilo de vida melhor, que vai permitir que você viva mais tempo e mais feliz.

Continue lendo e você vai encontrar algumas das maneiras mais simples e agradáveis ​​para viver  (e viver bem!) por mais de 100 anos.

25 Dicas Para Chegar Bem Aos 100

O amor de Jesus

Amor, palavra que revela o segredo de toda felicidade. Quando pronunciamos esta palavra, sentimos uma chama viva e intensa, que faz vibrar todo o nosso ser. E, nessa vibração, surge em nós um sentimento às vezes desconhecido, a sintonização. Entre as pessoas, a sintonização se faz sentir no mesmo ideal, no mesmo querer tanto no amor aos bens materiais, como no amor físico, carnal e, quando se trata do amor espiritual é a mesma vibração, porém suave.
Quando entramos em sintonia com o amor espiritual experimentamos as supremas alegrias do amor dos amores, que é o amor de Jesus que santifica, enobrece, eleva, ilumina, fazendo- nos humildes e servos.
Não pode haver coisa mais sublime do que amar e saber-se amado pelo objeto do seu amor. É um encantamento mútuo, do qual surge um novo sentimento: a confiança.
A confiança alimenta cada vez mais esta chama ardente, que dá vida, calor e alegria ao nosso ser. Assim, queremos glorificar Jesus amado, queremos cercá-Lo de todas as homenagens por nos haver curado o nosso coração ferido. Queremos glorificá-lo também pelos sentimentos nobres – querer o bem, agir com caridade e sabedoria para irmos da fraqueza à fortaleza.
Sempre firmes no amor, na caridade, na fraternidade, vamos iluminados seguindo a estrada da vida.
Deus te abençoe,
Wellington Silva Jardim (Eto)

O significado da Transfiguração de Jesus

transfiguracao

O episódio misterioso da Transfiguração de Jesus sobre um monte elevado, o Tabor, diante de três testemunhas escolhidas por ele: Pedro, Tiago e João, se situa no contexto a partir do dia em que Pedro confessou diante dos Apóstolos que Jesus é o Cristo, “o Filho de Deus vivo”. Esta confissão cristã aparece também na exclamação do centurião diante de Jesus na cruz: “Verdadeiramente este homem era Filho de Deus” (Mc 15,39), pois somente no Mistério Pascal o cristão pode entender o pleno significado do título “Filho de Deus”.

Tiago apóstolo, o maior

(~ 5 a. C. - 44)


Apóstolo de Jesus Cristo nascido em Betsaida da Galiléia, escolhido para ser um dos Doze, e nas várias listas dos Apóstolos dadas no Novo Testamento é sempre citado entre os quatro primeiros junto com Pedro, André e seu irmão mais novo João. Aportuguesado para Santiago, significando a junção dos termos São + Tiago, também é conhecido como o Apóstolo Ambicioso. Também pescador e filho de Zebedeu e de Salomé, estava com o irmão nas margens do lago Genesaré, quando Jesus os chamou. Testemunhou a ressurreição da filha de Jairo (Mc 5,37), a transfiguração (Mc 9,2-13) e a agonia de Jesus no horto do Getsêmani (Mc 14,32). De acordo com Isidoro de Sevilha, em De vita et obitu Sanctorum (71, Vida e morte dos Santos), após a ascensão de Jesus, teria evangelizado a Espanha, tornando-se seu primeiro evangelizador e depois seu patrono. Para revigorar esta tradição, no século IX o bispo Teodomiro, da cidade de Iria, afirmou ter reencontrado as relíquias do apóstolo e desde aquela época, a cidade que depois mudaria o nome para Santiago de Compostela, tornou-se importante meta de peregrinações, especialmente durante a Idade Média. Conta-se também que após a morte de Jesus, permaneceu em Jerusalém com Pedro. Foi preso juntamente com Pedro, e decapitado por ordem do rei Herodes Agripa (At 12,2), depois da execução de Estêvão (35), diácono grego e exaltado pregador cristão e personagem de grande importância na história de Paulo de Tarso. Foi, portanto, o primeiro mártir entre os apóstolos de Cristo, o primeiro a dar a vida pela Fé. Sua festa votiva é em 25 de julho.

Figura copiada do blogspot LUCKANIMADO:
http://luckanimado.blogspot.com/

http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/SaoTiago.html

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Qual o verdadeiro significado do Escapulário?

Muitas pessoas utilizam o escapulário por modismo ou simplesmente porque outros o usam, mas qual é o verdadeiro significado dele?

Muitas pessoas usam o escapulário ou outros objetos de devoção sem saber o seu verdadeiro significado, pior ainda quando o usam como um amuleto, algo mágico que “dá sorte”, que livra de “mau olhado” ou coisa semelhante. Como se o verdadeiro sentido não viesse do coração daquele que usa tal objeto, o qual, conhecendo o seu verdadeiro significado, o usa para sinalizar algo que está em seu íntimo, em sua fé, em seus propósitos e em sua conversão. Muitos usam cruzes, medalhinhas, terços e vários escapulários de Nossa Senhora do Carmo como modismo, porque todo mundo está usando ou aquele artista usou na novela. Mas qual o verdadeiro significado do escapulário?

E os silêncios de Deus?

tumblrmvvagath9w1rgb679o1500

Muitas pessoas ficam desconcertadas ao verem o mal campear no mundo, sem que Deus pareça tomar parte na angústia dos que são vítimas da violência e da injustiça. Às vezes parece que Deus se torna mudo diante do nosso sofrimento; mas não é assim.

Alguém já disse que “Deus não fala, mas que tudo fala de Deus”. Isto é, Deus fala pela Revelação e pela vida, mas esta linguagem tem de ser decifrada. Seus silêncios aparentes são sábios e nos obrigam a exercitar o ouvido da alma, e criar novas antenas e ouvidos interiores, para ouvir a sua voz. Não é que Deus não fale, somos nós que não captamos sua palavra.

João Evangelista, o apóstolo "bem-amado"

(~ 8 - 99)


  Um dos 12 e o mais jovem das apóstolos de Cristo e nascido em Batsaida, na Galiléia, autor do quarto evangelho e conhecido como o discípulo que Jesus amava, o único apóstolo que acompanhou Cristo até a morte na cruz, ao lado de Nossa Senhora, ocasião em que lhe foi confiada a tarefa de cuidar de Maria, a mãe de Jesus. Filho do também pescador Zebedeu e de Salomé, uma das mulheres que auxiliavam os discípulos de Jesus, juntamente com o irmão mais velho, Tiago o Maior, trabalhava também como pescador no lago de Genezaré, quando foi convidado a seguir Jesus, logo depois de Pedro e André. Com seu irmão, juntamente com Pedro e André, foram os discípulos privilegiados e participaram do círculo mais íntimo junto a Jesus. Presenciaram a ressurreição da filha de Jairo, a transfiguração de Jesus na montanha e sua angústia no Getsêmani. Os dois foram os únicos apóstolos que ousaram pedir a Cristo que lhes fosse dado sentar um à direita, outro à esquerda. Da resposta de Jesus "do cálice que eu beber, vós bebereis" deriva a suposição de que os dois se distinguiriam dos demais pelo martírio. Viveu ainda mais de 70 anos depois da morte de Jesus Cristo. Esteve em Jerusalém (37) e depois por ocasião do Concílio dos Apóstolos, que se realizou em Antióquia.

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Curiosidades sobre a vida de São João Maria Vianney

SãoJoãoMariaVianneyPresbítero

Conheça algumas passagens da vida deste santo que irão te surpreender

São João Maria Vianney e o pastorzinho de Ars

O jovem pároco João Maria Batista Vianney não prometia sucessos retumbantes, mas ao ser nomeado para o vilarejo perdido de Ars, o seu imenso amor a Deus transformou a fundo não apenas os seus paroquianos, mas milhões de peregrinos da França inteira.

O Senhor nos perdoa por amor

A Palavra meditada, hoje, está em Salmo 130,1-8:
1. Do abismo profundo clamo a ti, Senhor:
2. Senhor, escuta minha voz. Que teus ouvidos estejam atentos à voz da minha súplica.
3. Se consideras as culpas, Senhor, Senhor, quem pode agüentar?
4. Mas em ti se encontra o perdão, para seres venerado com temor.
5. Espero no Senhor, minha alma espera na sua palavra.
6. Minha alma aguarda o Senhor mais que as sentinelas a aurora. Mais que as sentinelas a aurora,

André apóstolo, o "pescador de Homens"

(~ 5 a. C. - 100)


  Apóstolo de Jesus Cristo nascido em Betsaida da Galiléia, também conhecido como o Afável foi escolhido para ser um dos Doze, e nas várias listas dos Apóstolos dadas no Novo Testamento é sempre citado entre os quatro mais importantes, junto com Pedro, João e Tiago, sendo seu nome mencionado explicitamente três vezes: por ocasião do discurso sobre a consumação dos tempos de Jesus, na primeira multiplicação dos pães e dos peixes e quando, juntamente com Filipe, apresentou ao mestre alguns gentios. Também pescador em Cafarnaum, foi o primeiro a receber de Cristo o título de Pescador de Homens e, portanto, o primeiro a recrutar novos discípulos para o Mestre. Filho de Jonas tornou-se discípulo do João Batista, cujo testemunho o levou juntamente com João Evangelista a seguirem Jesus e convencer seu irmão mais velho, Simão Pedro a seguí-los. Desde aquele momento os dois irmãos tornaram-se discípulos do Senhor e deixaram tudo para seguí-lo. No começo da vida pública de Jesus ocuparam a mesma casa em Cafarnaum. Segundo as Escrituras esteve sempre próximo ao mestre durante sua vida pública. Estava presente na Última Ceia, viu o Senhor Ressuscitado, testemunhou a Ascensão, recebeu graças e dons no primeiro Pentecostes e ajudou, entre grandes ameaças e perseguições, a estabelecer a Fé na Palestina, passando provavelmente por Cítia, Épiro, Acaia e Hélade.

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Os apóstolos eram analfabetos?

Uso da escrita na vida diária no tempo de Jesus.

Das informações que colhemos das leituras dos manuais de interpretação bíblica, na época de Jesus, as pessoas de todos os tipos sabiam ler e escrever. Portanto não eram analfabetas, em consequência os apóstolos, embora pescadores de origem humilde, sabiam ler escrever, e os rudimentos da matemática, pois muitos trabalhavam na indústria da pesca, e alguns até eram empresários. Sobre isso, Alan Millard, professor de hebraico e de línguas semíticas antigas, observou: “A escrita em grego, aramaico e hebraico era comum, e era usada em todas as camadas da sociedade.” Ele acrescentou: “Era nesse ambiente que Jesus trabalhava.”

O amor de Deus por nós é inesgotável

A Palavra meditada, hoje, está em Isaías 54,10-17:
10. Mesmo que as serras mudem de lugar, ou que as montanhas balancem, meu amor para contigo nunca vai mudar, minha aliança perfeita nunca há de vacilar – diz o SENHOR, o teu apaixonado.
11. Pobrezinha, flagelada e sem consolo, agora vou assentar as tuas pedras com argamassa de rubis, teu alicerce eu faço de safira,
12. as muralhas faço de diamante e as portas, de cristal, eu te cerco toda de pedras preciosas.
13. Teus filhos serão todos discípulos do SENHOR e grande será a felicidade deles.

Qual a vontade de Deus para minha vida?

CaminhosLivresdetodoMal

“Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça, e tudo o mais vos será dado por acréscimo.” (Mt 6,33)

Muitas pessoas fazem essa pergunta: o que Deus quer que eu faça? Qual a vontade de Deus para a minha vida? Que profissão devo seguir? Qual a minha vocação? Todos nós passamos por esse momento de decisão.

Alguém disse que “a primeira vitória de um homem foi ter nascido”. De fato, esta é a maior graça; como disse São Paulo, “Deus nos desejou em Cristo antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante de seus olhos” (Ef 1,4). São Paulo exortava os efésios a que levassem “uma vida digna da vocação à qual fostes chamados” (Ef 4,1).

Índice Por Categorias


Carregando...

Google+ Followers