Notícias deslizantes

Menu

quinta-feira, 31 de março de 2016

Com Deus você pode!

A Palavra meditada hoje está em Filipenses 4,11-13.

“Não digo isso por estar passando necessidade. Pois aprendi a me bastar em qualquer situação. Sei viver na penúria e sei viver na abundância. Aprendi a viver em toda e qualquer situação: estando farto ou passando fome, tendo de sobra ou passando falta. Tudo posso naquele que me dá força.”

A autopsia do Santo Sudário concorda com os Evangelhos

Santo Sudário: montagem tridimensional por Thierry Castex

Santo Sudário: montagem tridimensional por Thierry Castex

Na Universidade de Milão, conhecida também como la Statale, o Prof. Giampietro Farronato leciona Ortodontia.
À frente de uma equipe de especialistas – que incluiu Bruno Barberis, Louis Fabrizio Rodella, John Pierucci Labanca; Mauro, Alessandra e Massimo Majorana Boccaletti – o professor fez uma autopsia do Santo Sudário.
O resultado do trabalho foi publicado num livro rico e intrigante: “Autopsia do Homem do Sudário”, editado por Elledici (Leumann, Turim, 2015), apresentado na igreja de San Gottardo em Corte, no evento “Escola Catedral” promovido pela confraria-empresa responsável há séculos pela manutenção da catedral de Milão.

quarta-feira, 30 de março de 2016

Comece o dia na presença de Deus

topic6

São Francisco de Sales dá orientações interessantes para a oração e meditação nos escritos em sua Filotéia (Alma que ama a Deus):

1 – Antes de começar, lembrar que Deus está em toda parte.

2 – Colocar-se na sua presença, ter consciência disso.

3 – Saber que Ele está em nossa alma: não o vemos, mas Ele nos vê, ouve, acompanha…

4 – Pedir o Seu auxílio para a oração e meditação.

5 – Não ter pressa na oração: rezar como coração.

6 – Escolher um mistério para meditar. Pode-se usar um bom livro de meditação, a Bíblia, e fazer leitura orante.

7 – Confrontar a própria vida com a meditação para viver as virtudes e o amor a Deus.

8 – Agradecer a Deus e pedir as graças para viver as resoluções tomadas.

9 – Rezar pelas outras intenções: família, Igreja, conversão dos infiéis…

10 – Pode-se rezar as orações de manuais de oração, com devoção.

Doze ensinamentos de São Paulo aos Romanos

san paolo - São Paulo (1)1

– “Desde a criação do mundo, as perfeições invisíveis de Deus, o seu sempiterno poder e divindade, se tornam visíveis à inteligência, por suas obras; de modo que não se podem escusar”. (Rom 1,19)

2 – “ Se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras da carne, vivereis, pois todos os que são conduzidos pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. (Rom 8,13)

3 – “Tenho para mim que os sofrimentos da vida presente não tem proporção alguma com a glória futura que nos deve ser manifestada” (Rom 8,18).

4 – “Sabemos que todas as coisas concorrem para o bem dos que amam a Deus” (Rom 8,28).

5 – Deus nos predestinou para sermos conforme a Imagem do Seu Filho” (Rom 8,29).

6 – “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rom 8,31).

7 – “Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito”. (Rom 12,1).

8 – “Que vossa caridade não seja fingida. Aborrecei o mal, apegai-vos solidamente ao bem. Amai-vos mutuamente com afeição terna e fraternal. Adiantai-vos em honrar uns aos outros”. (Rom 12,9-10)

9 – “Não relaxeis o vosso zelo. Sede fervorosos de espírito. Servi ao Senhor”. (Rom 12,11)

10 – “Sede alegres na esperança, pacientes na tribulação e perseverantes na oração. Socorrei às necessidades dos fiéis”. (Rom 8, 12-13)

11 – “Abençoai os que vos perseguem; abençoai-os, e não os praguejeis. Alegrai-vos com os que se alegram; chorai com os que choram”. (Rom 8, 14)

12 – “Vivei em boa harmonia uns com os outros. Não vos deixeis levar pelo gosto das grandezas; afeiçoai-vos com as coisas modestas. Não sejais sábios aos vossos próprios olhos”. (Rom 8,16)

Prof. Felipe Aquino

terça-feira, 29 de março de 2016

São Francisco de Sales, patrono dos escritores e jornalistas

São Francisco de Sales, Bispo e Doutor da Igreja (12)“O pedido mais importante que devemos fazer a Deus é a união da nossa vontade com a d’Ele”. São Francisco de Sales

São Francisco de Sales, em seus 56 anos de vida, não buscou a santidade somente para si, mas também, para os outros. Evangelizou e propagou a sã Doutrina com a ajuda da imprensa, através de suas pregações, mas principalmente, com seu testemunho. Conseguiu expressar com seu amor e sua vida, a mansidão do Senhor.

Devido ao seu estilo e ao conteúdo de seus escritos, foi instituído o patrono dos escritores e jornalistas, e consagrado Santo e Doutor da nossa Igreja.

segunda-feira, 28 de março de 2016

15 promessas, 10 bênçãos e 8 vantagens de se rezar o terço

rosary01Esta linda oração, rezada com devoção e fé, tem um incrível poder de transformar sua vida espiritual

A palavra “rosário” vem do latim e significa “grinalda de rosas”. A rosa é uma das flores mais comumente utilizadas para simbolizar a Virgem Maria. Se você perguntar qual é o sacramental (para entender o que é um sacramental, clique aqui) mais emblemático que os católicos possuem, certamente as pessoas responderão que é o santo rosário.

Nestes últimos anos, a prática do terço ressurgiu magistralmente, já são muitos os católicos que o rezam, e até os que sabiam pouco sobre ele aprenderam a rezá-lo em família. O terço é uma devoção em honra de Nossa Senhora, composto por um número determinado de orações específicas.

domingo, 27 de março de 2016

Páscoa

Ele devia ressuscitar dos mortos.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 20,1-9

1No primeiro dia da semana,
Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus,
bem de madrugada, quando ainda estava escuro,
e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo.
2Então ela saiu correndo
e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo,
aquele que Jesus amava,
e lhes disse: 'Tiraram o Senhor do túmulo,
e não sabemos onde o colocaram.'
3Saíram, então, Pedro e o outro discípulo
e foram ao túmulo.
4Os dois corriam juntos,
mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro
e chegou primeiro ao túmulo.
5Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão,
mas não entrou.
6Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás,
e entrou no túmulo.
Viu as faixas de linho deitadas no chão
7e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus,
não posto com as faixas,
mas enrolado num lugar à parte.
8Então entrou também o outro discípulo,
que tinha chegado primeiro ao túmulo.
Ele viu, e acreditou.
9De fato, eles ainda não tinham compreendido a
Escritura,
segundo a qual ele devia ressuscitar dos mortos.
Palavra da Salvação.

sábado, 26 de março de 2016

A Paixão de Cristo revive na Paixão da Igreja

Em face do drama em que se encontra a Santa Igreja, muitas almas procuram, então, assumir uma posição de indiferença, parecida com a de numerosos contemporâneos de Nosso Senhor, que acreditavam que Ele era Homem-Deus, mas que, durante a Via Sacra, vendo-O passar, em vez de se compadecer por seus lancinantes sofrimentos, achavam entretanto melhor não considerá-los, mas pensar em outras coisas.
A evidência dos fatos deixa patente que a partir do Concílio Vaticano II penetrou na Igreja, em proporções impensáveis, a “fumaça de Satanás”, de que falou Paulo VI, a qual se foi dilatando dia a dia mais, com a terrível força de expansão dos gazes.

Por que estais procurando entre os mortos aquele que está vivo?

Por que estais procurando entre os mortos aquele que está vivo?

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 24,1-12

1No primeiro dia da semana, bem de madrugada,
as mulheres foram ao túmulo de Jesus,
levando os perfumes que haviam preparado.
2Elas encontraram a pedra do túmulo removida.
3Mas ao entrar, não encontraram o corpo do Senhor Jesus
4e ficaram sem saber o que estava acontecendo.
Nisso, dois homens com roupas brilhantes
pararam perto delas.
5Tomadas de medo, elas olhavam para o chão,
mas os dois homens disseram:
'Por que estais procurando entre os mortos
aquele que está vivo?
6Ele não está aqui. Ressuscitou!
Lembrai-vos do que ele vos falou,
quando ainda estava na Galiléia:
7'O Filho do Homem deve ser entregue
nas mãos dos pecadores, ser crucificado
e ressuscitar ao terceiro dia'.'
8Então as mulheres se lembraram das palavras de Jesus.
9Voltaram do túmulo
e anunciaram tudo isso aos Onze e a todos os outros.
10Eram Maria Madalena, Joana e Maria, mãe de Tiago.
Também as outras mulheres que estavam com elas
contaram essas coisas aos apóstolos.
11Mas eles acharam que tudo isso era desvairio,
e não acreditaram.
12Pedro, no entanto, levantou-se e correu ao túmulo.
Olhou para dentro e viu apenas os lençóis.
Então voltou para casa,
admirado com o que havia acontecido.
Palavra da Salvação.

Reflexão - Lc 24, 1-12

Por que procurais entre os mortos aquele que está vivo? Jesus não pode ser encontrado entre os mortos nem nos sinais de morte que estão presentes na sociedade moderna. Páscoa é vida nova em Cristo, é a força da graça transformadora que muda escravidão em liberdade, pecado em santidade, morte em vida, trevas em luz. É força motivadora para a participação na missão da Igreja a fim de que o Ressuscitado seja conhecido, amado e louvado por todos. Páscoa é reconhecer a presença viva e atuante de Cristo na sua Igreja e no mundo.

A quem deveremos recorrer se a angústia chegar?

meninaaDescubra o segredo da vitória sobre este sentimento tão difícil de enfrentar

A palavra “angústia” é traduzida em miúdos pelo dicionário como aflição demasiada do corpo, da mente, ou do espírito, tristeza, remorso ou desespero excessivo. Quem já não passou por algo assim?

É certo que todos nós temos momentos difíceis em nossas vidas e não é raro que fiquemos angustiados por alguma razão específica, ou muitas vezes até sem sabermos o porquê de estarmos assim.

É uma sensação esquisita, como se o coração fosse explodir. Nos sentimos sozinhos, abandonados, perdidos e nem sabemos direito o que pensar de qualquer situação que está à nossa frente, em alguns casos é difícil de enxergar até mesmo perspectivas de futuro. Certamente, é uma situação que nos deixa confusos. Não existe solução imediata, é preciso buscar a segurança do único e verdadeiramente capaz de nos ajudar, Deus.

sexta-feira, 25 de março de 2016

Milagre Eucarístico de Buenos Aires!

ASSISTA ATE O FIM

Cada pessoa acredita no que que acredita, ou não! Ta ai espero que toque o coração de vocês.
Eu acredito plenamente !

Estação da Via Sacra

meditações tiradas de A Verdadeira Vida em Deus

Eu sou Deus, criatura; está Comigo nas Minhas Estações da Via Sacra. Deseja-Me, em cada Estação; Eu estou em cada uma delas. Estarei presente e quero-te lá; quero que tu te ajoelhes.

- Senhor, não sei o que Vós quereis dizer. Não sei que estações!

Abra-se à Misericórdia!

misericordiosoPara ler e meditar após rezar o Terço da Misericórdia

Jesus pediu a santa Faustina Kowalska que rezássemos o Terço da Misericórdia as 15h, diante do Sacrário, e, em seguida fizéssemos uma meditação sobre a sua Paixão. Jesus lhe pediu: “As três horas da tarde, implora a Minha Misericórdia especialmente pelos pecadores e, ao menos por um breve tempo, reflete sobre a Minha Paixão, especialmente sobre o abandono em que me encontrei no momento da agonia…” (Diário n. 1320).

Eu costumo fazer esta meditação:

Compadeço-me, Senhor Jesus, de Tua agonia mortal no Horto das Oliveiras naquela Quinta-feira santa, e naquele abandono terrível que sentiu na carne até diante do Pai, ao assumir todos os nossos pecados diante da Justiça Divina. O peso desta culpa sobre Ti foi tão grande, que o Senhor sentiu uma tristeza mortal. Compadeço-me do Sangue que o Senhor derramou ali nesta agonia, vislumbrando todo sofrimento que enfrentaria. Compadeço-me da consolação do Teu anjo da Guarda. O Senhor humanamente precisou dele, e também lhe agradeço pelo meu Anjo protetor.

Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo

Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo João 18,1-19,42

Prenderam Jesus e o amarraram.

Naquele tempo:
1Jesus saiu com os discípulos
para o outro lado da torrente do Cedron.
Havia aí um jardim, onde ele entrou com os discípulos.
2Também Judas, o traidor, conhecia o lugar,
porque Jesus costumava reunir-se aí
com os seus discípulos.
3Judas levou consigo um destacamento de soldados
e alguns guardas dos sumos sacerdotes e fariseus,
e chegou ali com lanternas, tochas e armas.
4Então Jesus, consciente de tudo o que ia acontecer,
saiu ao encontro deles e disse: 'A quem procurais?'
5Responderam: 'A Jesus, o nazareno'.
Ele disse: 'Sou eu'.
Judas, o traidor, estava junto com eles.
6Quando Jesus disse: 'Sou eu',
eles recuaram e caíram por terra.
7De novo lhes perguntou:
'A quem procurais?'
Eles responderam: 'A Jesus, o nazareno'.
8Jesus respondeu: 'Já vos disse que sou eu.
Se é a mim que procurais,
então deixai que estes se retirem'.
9Assim se realizava a palavra que Jesus tinha dito:
'Não perdi nenhum daqueles que me confiaste'.
10Simão Pedro, que trazia uma espada consigo,
puxou dela e feriu o servo do sumo sacerdote,
cortando-lhe a orelha direita.
O nome do servo era Malco.
11Então Jesus disse a Pedro:
'Guarda a tua espada na bainha.
Não vou beber o cálice que o Pai me deu?'
Conduziram Jesus primeiro a Anás.
12Então, os soldados, o comandante e os guardas dos
judeus prenderam Jesus e o amarraram.
13Conduziram-no primeiro a Anás, que era o sogro de
Caifás, o sumo sacerdote naquele ano.
14Foi Caifás que deu aos judeus o conselho:
'É preferível que um só morra pelo povo'.
15Simão Pedro e um outro discípulo seguiam Jesus.
Esse discípulo era conhecido do sumo sacerdote
e entrou com Jesus no pátio do sumo sacerdote.
16Pedro ficou fora, perto da porta.
Então o outro discípulo,
que era conhecido do sumo sacerdote, saiu,
conversou com a encarregada da porta
e levou Pedro para dentro.
17A criada que guardava a porta disse a Pedro:
'Não pertences também tu aos discípulos desse homem?'
Ele respondeu: 'Não'.
18Os empregados e os guardas fizeram uma fogueira
e estavam-se aquecendo, pois fazia frio.
Pedro ficou com eles, aquecendo-se.
19Entretanto, o sumo sacerdote interrogou Jesus
a respeito de seus discípulos e de seu ensinamento.
20Jesus lhe respondeu:
'Eu falei às claras ao mundo. Ensinei sempre na
sinagoga e no Templo, onde todos os judeus se reúnem.
Nada falei às escondidas.
21Por que me interrogas? Pergunta aos que ouviram o que
falei; eles sabem o que eu disse.'
22Quando Jesus falou isso, um dos guardas que ali estava
deu-lhe uma bofetada, dizendo:
'É assim que respondes ao sumo sacerdote?'
23Respondeu-lhe Jesus: 'Se respondi mal, mostra em quê;
mas, se falei bem, por que me bates?'
24Então, Anás enviou Jesus amarrado para Caifás,
o sumo sacerdote.
Não és tu também um dos discípulos dele? Pedro negou: 'Não!
25Simão Pedro continuava lá, em pé, aquecendo-se.
Disseram-lhe:
'Não és tu, também, um dos discípulos dele?'
Pedro negou: 'Não!'
26Então um dos empregados do sumo sacerdote,
parente daquele a quem Pedro tinha cortado a orelha,
disse: 'Será que não te vi no jardim com ele?'
27Novamente Pedro negou. E na mesma hora, o galo cantou.
O meu reino não é deste mundo.
28De Caifás, levaram Jesus ao palácio do governador.
Era de manhã cedo.

Toda a verdade sobre o Santo Sudário de Turim

O Santo Sudário de Turim: nenhum objeto de uso humano habitual foi de tal maneira analisado pela ciência.
E os resultados estão sendo impressionantes.
E continuarão a sê-los na medida em que prossigam os estudos em andamento, que venham a ser abertos outros inquéritos científicos, que venham a ser inventadas novas tecnologias mais exigentes e que forneçam dados mais apurados.
A Igreja e a Fé não têm nada a temer, e têm tudo a estimular à ciência e à tecnologia honestamente trabalhadas.
O interesse despertado em todo o mundo pelo Santo Sudário não só pela Fé, mas também pelas descobertas feitas nele pelas diversas ciências aplicadas, se reflete no interesse pelos posts publicados no nosso humilde blog.

quinta-feira, 24 de março de 2016

Jesus na Sinagoga

O Espírito do Senhor está sobre mim.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 4,16-21

Naquele tempo:
16Jesus veio à cidade de Nazaré, onde se tinha criado.
Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado,
e levantou-se para fazer a leitura.
17Deram-lhe o livro do profeta Isaías.
Abrindo o livro,
Jesus achou a passagem em que está escrito:
18'O Espírito do Senhor está sobre mim,
porque ele me consagrou com a unção
para anunciar a Boa Nova aos pobres;
enviou-me para proclamar a libertação aos cativos
e aos cegos a recuperação da vista;
para libertar os oprimidos
19e para proclamar um ano da graça do Senhor.'
20Depois fechou o livro,
entregou-o ao ajudante, e sentou-se.
Todos os que estavam na sinagoga
tinham os olhos fixos nele.
21Então começou a dizer-lhes:
'Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura
que acabastes de ouvir.'
Palavra da Salvação.

Dez pedidos que devemos fazer a Deus em nossas orações

orManPraying

 

1 – Que desde a manhã possamos sentir o Seu amor, para que a Sua alegria seja a nossa força durante todo o dia.

2 – Que Deus expulse de nosso coração as trevas do pecado e faça-nos alcançar a verdadeira Luz que é Jesus Cristo.

3 – Que Deus nos dê a compreensão dos nossos deveres e a força de cumpri-los.

4 – Que Deus faça de nossa vida um continuo sacrifício de louvor.

5 – Que possamos guardar sempre os Seus Mandamentos para que, pela força do Espírito Santo, Ele permaneça sempre em nós e nós Nele.

6 – Que Deus nos dê a Sua sabedoria eterna, para que ela sempre acompanhe o dirija os nossos desejos, pensamentos e trabalhos.

7 – Que Deus não permita que no dia de hoje sejamos motivo de tristeza para os que convivem conosco, mas causa de alegria para todos.

8 – Que Deus ilumine as profundezas de nosso coração para que não se prenda em desejos tenebrosos.

9 – Que agrade a Deus o cantar dos nossos lábios e a voz da nossa alma, e que ela chegue até Ele.

10 – Que sobre nós venha a Sua graça da mesma forma que Nele nós esperamos com fé e alegria.

quarta-feira, 23 de março de 2016

“Quero falar-vos de um matrimônio que formou uma família: o de Maria e José”

Uma reflexão magistral de dom Fulton Sheen (1895-1979) sobre a sublimidade da Sagrada Família e o seu exemplo para os casais!

José Maria e Jesus

Reproduzimos a seguir uma exortação do arcebispo norte-americano dom Fulton Sheen (1895-1979) sobre o matrimônio cristão vivido a exemplo da Sagrada Família de Nazaré. É uma preciosidade!

Quero falar-vos de um matrimônio que formou uma família: o de Maria e José

Para se explicar a singularidade destas núpcias, importa ter presente uma verdade: pode haver casamento sem haver união física.

Já parou para falar com Deus hoje?

rezandocrianca

Como é bom parar!
Senhor, eu gostaria de parar agora mesmo.
Por que tanta agitação?
Já não sei parar.
Esqueço-me de rezar. Fecho agora meus olhos,
Quero falar Contigo Senhor.
Quero abrir-me para Teu universo,
mas os meus olhos não querem ficar fechados.
sinto que uma agitação frenética invade todo o meu corpo,
que vai e vem, escravo da pressa.
Senhor, eu gostaria de parar agora mesmo,
Por que tanta pressa?
Por que tanta agitação?
Eu não posso salvar o mundo.

Sou apenas uma gota de água
no oceano imenso de Tua maravilhosa criação.
Verdadeiramente importante
é buscar Teu rosto abençoado.
Verdadeiramente importante é para de vez em quando,
é esforçar-se para proclamar
que Tu és a grandeza e formosura, a magnificência, que Tu és o Amor.

O urgente é fazer e deixar que Tu fales dentro de mim.
Viver na profundidade das coisas
e no esforço contínuo para buscar-Te no silêncio
de Teu mistério.
Meu coração continua batendo,
mas de um jeito diferente.
Não estou fazendo nada, não estou com pressa.
Simplesmente, estou diante de Ti, Senhor.
E como é bom estar diante de Ti. Amém.

Texto retirado do livro: Orações de Todos os Tempos da Igreja

A Traição de Judas Iscariotes

O Filho do Homem vai morrer, conforme diz a Escritura a respeito dele.
Contudo, ai daquele que o trair.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 26,14-25

Naquele tempo:
14Um dos doze discípulos, chamado Judas Iscariotes,
foi ter com os sumos sacerdotes
15e disse: 'O que me dareis se vos entregar Jesus?'
Combinaram, então, trinta moedas de prata.
16E daí em diante, Judas procurava uma oportunidade
para entregar Jesus.
17No primeiro dia da festa dos Ázimos,
os discípulos aproximaram-se de Jesus
e perguntaram: 'Onde queres que façamos os preparativos
para comer a Páscoa?'

terça-feira, 22 de março de 2016

Última Ceia de Jesus

21. Dito isso, Jesus ficou perturbado em seu espírito e declarou abertamente: Em verdade, em verdade vos digo: um de vós me há de trair!...
22. Os discípulos olhavam uns para os outros, sem saber de quem falava.
23. Um dos discípulos, a quem Jesus amava, estava à mesa reclinado ao peito de Jesus.
24. Simão Pedro acenou-lhe para dizer-lhe: Dize-nos, de quem é que ele fala.
25. Reclinando-se este mesmo discípulo sobre o peito de Jesus, interrogou-o: Senhor, quem é?
26. Jesus respondeu: É aquele a quem eu der o pão embebido. Em seguida, molhou o pão e deu-o a Judas, filho de Simão Iscariotes.
27. Logo que ele o engoliu, Satanás entrou nele. Jesus disse-lhe, então: O que queres fazer, faze-o depressa.
28. Mas ninguém dos que estavam à mesa soube por que motivo lho dissera.
29. Pois, como Judas tinha a bolsa, pensavam alguns que Jesus lhe falava: Compra aquilo de que temos necessidade para a festa. Ou: Dá alguma coisa aos pobres.
30. Tendo Judas recebido o bocado de pão, apressou-se em sair. E era noite...
31. Logo que Judas saiu, Jesus disse: Agora é glorificado o Filho do Homem, e Deus é glorificado nele.
32. Se Deus foi glorificado nele, também Deus o glorificará em si mesmo, e o glorificará em breve.
33. Filhinhos meus, por um pouco apenas ainda estou convosco. Vós me haveis de procurar, mas como disse aos judeus, também vos digo agora a vós: para onde eu vou, vós não podeis ir.
34. Dou-vos um novo mandamento: Amai-vos uns aos outros. Como eu vos tenho amado, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros.
35. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.
36. Perguntou-lhe Simão Pedro: Senhor, para onde vais? Jesus respondeu-lhe: Para onde vou, não podes seguir-me agora, mas seguir-me-ás mais tarde.
37. Pedro tornou a perguntar: Senhor, por que te não posso seguir agora? Darei a minha vida por ti!
38. Respondeu-lhe Jesus: Darás a tua vida por mim!... Em verdade, em verdade te digo: não cantará o galo até que me negues três vezes.

João 13, 21-38

Senhor Jesus, concede-me a graça…

"Senhor Jesus, concede-me a graça de viver estes dias da tua Paixão perto de Ti, de ser excessivamente generoso(a) contigo, como foi Maria que «desperdiçou» um perfume tão precioso para Te honrar. Dá­-me a graça de compreender, quanto é grande o Teu amor por mim... Então compreenderei também que, tudo quanto posso fazer em Teu Nome, é pouco, ainda que pareça muito. Como Maria, quero procurar-te assídua e fielmente, colocando-me na tua presença no começo de cada ação, vivendo junto de Ti e para Ti. Dá-me, Senhor, esta assiduidade...assiduidade que será alegria para o meu Coração e para a minha santificação. Amém!"

segunda-feira, 21 de março de 2016

Seis da antes da Páscoa

Deixa-a; ela fez isto em vista do dia de minha sepultura.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 12,1-11

1Seis dias antes da Páscoa,
Jesus foi para Betânia,
onde morava Lázaro,
que ele havia ressuscitado dos mortos.
2Ali ofereceram a Jesus um jantar;
Marta servia
e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele.
3Maria, tomando quase meio litro de perfume
de nardo puro e muito caro,
ungiu os pés de Jesus e enxugou-os com seus cabelos.
A casa inteira ficou cheia do perfume do bálsamo.
4Então, falou Judas Iscariotes,
um dos seus discípulos,
aquele que o havia de entregar:
5'Por que não se vendeu este perfume
por trezentas moedas de prata,
para as dar aos pobres?'
6Judas falou assim, não porque se preocupasse com os pobres,
mas porque era ladrão;

domingo, 20 de março de 2016

Domingo de Ramos

Entrada triunfal em Jerusalém.

Domingo de Ramos é uma festa móvel cristã celebrada no domingo antes da Páscoa. A festa comemora a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, um evento da vida de Jesus mencionado nos quatro evangelhos canônicos (Marcos 11:1, Mateus 21:1-11, Lucas 19:28-44 e João 12:12-19). Na liturgia romana, este dia é denominado de "Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor".

Em muitas denominações cristãs, o Domingo de Ramos é conhecido pela distribuição de folhas de palmeiras para os fiéis reunidos na igreja. Em lugares onde é difícil consegui-las por causa do clima, ramos de diversas árvores são utilizados.

sábado, 19 de março de 2016

O Cordão de São José

O CORDÃO DE SÃO JOSÉ

Resolvi pesquisar (traduzir e organizar) informações acerca desta bela e piedosa devoção. Espero ter feito um trabalho esclarecedor e simples. Divulgue à vontade, está aqui a serviço de toda a gente católica. Reze por mim e minha família, se possível. Grata. GdA.

ORIGEM, FINALIDADE, MODO DE USAR E BENEFÍCIOS

São José - História

HOJE É DIA DE MILAGRE! É DIA DE SÃO JOSÉ!

São José

São José é descendente da casa real de Davi. É o esposo da Virgem Maria e pai adotivo de Jesus Cristo. Nos Evangelhos ele aparece na infância de Jesus. Pode-se ver as citações nos livros de Mateus Capítulos 1 e 2, e em Lucas 1 e2. Na Bíblia, São José é apresentado como um justo. Mateus, em seu Evangelho, descreve a história sob o ponto de vista de José. Já Lucas narra o tempo de infância do menino Jesus contando com a presença de José.

A morte de São José: misteriosa, mas a mais sublime que se pode imaginar

Pode haver melhor passagem para a vida eterna do que entre os braços de Jesus e de Maria?

morte de São José

Não há registros documentais da morte de São José, mas é comumente aceito que ele faleceu antes do início da vida pública de Jesus.

Nos primeiros séculos da Igreja, conforme narra Isidoro de Isolanis, costumava-se ler nas igrejas do Oriente, todo dia 19 de março, uma narração solene da morte do pai adotivo do Filho de Deus:

quinta-feira, 17 de março de 2016

Liberte-se dos medos!

Muitas vezes, vivemos amedrontados. Temos medo de ficar doentes, medo da violência, da morte, do sofrimento e até do futuro. No mundo em que vivemos, é natural que tenhamos medo. Mas somos escolhidos por Deus, por isso não podemos temer as adversidades.

Hoje, eu o convido a ter uma visão sobrenatural das situações que o amedrontam. Na Palavra de Deus, encontramos o relato de que as casas dos judeus foram marcadas com o sangue do cordeiro na porta, como um sinal para que não fossem atingidos pela praga exterminadora (Êxodo 12,13). Assim também nós somos marcados pelo Sangue de Cristo.

Hoje, temos a graça de ter Jesus Cristo como um sinal em nossa vida, somos filhos de Deus, por isso não temos o que temer. Acredite no amor de Deus, porque assim não há o que temer; nada o atingirá, porque é um escolhido do Senhor.

Seu irmão,
Wellington Jardim (Eto)
Cofundador da Comunidade Canção Nova e administrador da FJPII

O túmulo dos Santos Macabeus..

… símbolo das reações nos momentos em que parece tudo perdido

Conhecido como 'Pilar de Absalão', o monumento ajuda
a se fazer uma ideia de como foi o mausoléu dos Macabeus.
O Pilar marca o local da morte do filho revoltado do rei Davi

Santa Teresa de Lisieux

Queridos irmãos e irmãs,

Padroeira das missões e doutora da Igreja, Santa Teresa de Lisieux, apesar da sua vida breve, que terminou em 1897, tornou-se uma das santas mais conhecidas e amadas. Um ano após a sua morte, foi publicada a sua obra autobiográfica, “História de uma alma”. Trata-se de uma maravilhosa história de amor que encheu toda a vida Teresa; este amor tem um rosto e um Nome: é Jesus. Recebida a autorização papal, pôde, aos dezesseis anos, entrar no Carmelo de Lisieux, assumindo o nome de Teresa do Menino Jesus e da Sagrada Face. Era movida pelo desejo de salvar almas e rezar pelos sacerdotes. Um ano antes da sua morte, iniciou a sua paixão pessoal que viveu em profunda união com a Paixão de Cristo. Tratou-se de uma paixão do corpo, com a doença que acabaria por levá-la à morte, mas, sobretudo, tratou-se de uma paixão na alma com uma dolorosa prova da fé, a qual ofereceu pela salvação de todos os ateus do mundo. Neste contexto de sofrimento, vivendo o maior amor nas pequenas coisas da vida diária, Teresa realizou a sua vocação de ser o Amor no coração da Igreja. De fato, as palavras “Jesus, eu Vos amo” estão no centro de todos os seus escritos, nos quais ressalta o “pequeno caminho de confiança e amor” que ela percorreu e procurou inculcar aos demais.

* * *

Queridos peregrinos lusófonos, a todos saúdo e dou as boas-vindas, particularmente, aos portugueses vindos de Espinho e aos brasileiros de Divinópolis. Possa essa peregrinação reforçar o vosso zelo apostólico para fazerdes crescer o amor a Jesus Cristo na própria casa e na sociedade! Que Deus vos abençoe!

PAPA BENTO XVI

quarta-feira, 16 de março de 2016

Perspectiva de achar o túmulo dos Santos Macabeus reacende esperanças

Cruz no mosaico do chão aponta que o monumento  foi local de culto cristão nos primeiros séculos depois de Cristo

Cruz no mosaico do chão aponta que o monumento
foi local de culto cristão nos primeiros séculos depois de Cristo

O túmulo dos Macabeus, santos heróis do Antigo Testamento.
O mausoléu – que bem pode ser o túmulo dos Macabeus, a heroica família que liderou a resistência militar, religiosa e cultural contra a invasão pagã no século II a. C. – está em “um local maravilhoso, belíssimo” explicou Re’em, diretor israelense das escavações, à FoxNews.

“Nós trouxemos de novo à luz a câmara da tumba e o mosaico com a decoração da cruz”, explicou.

À Santa Madre Paulina


Ó Santa Madre Paulina, tu que puseste toda a tua confiança no Pai e em Jesus e que inspirada por Maria te decidiste ajudar o teu povo sofrido, nós te confiamos a Igreja que tanto amas, nossas vidas, nossas famílias, os religiosos e todo o povo de Deus.
(pedir a graça)
Santa Madre Paulina, intercede por nós junto ao Pai, a fim de que tenhamos a coragem de lutar sempre na conquista de um mundo mais humano, justo e fraterno. Amém.

terça-feira, 15 de março de 2016

Oração da Criança


"Jesus, eu gosto do Senhor. Muito obrigado pela vida que o Senhor me deu! Muito obrigado por papai e mamãe e por todas as pessoas que o Senhor colocou bem perto de mim.
Jesus, eu estou crescendo não só por fora, para ter um corpo bonito e forte, mas ajude-me a crescer também por dentro, para ter um coraçã0 cheio de bondade.
Jesus, ajude-me a ser feliz, ajude-me a não ter medo de ser sincero. Quero crescer com alegria e fazer muita gente feliz, porque eu existo.
Jesus, eu gosto do Senhor, de todo o coração, e vou gostar de todo mundo, como o Senhor gosta de mim. Amém!"

(Manual do Devoto de N. Sra. Aparecida, p.196-197)

sexta-feira, 11 de março de 2016

Moderação

10. Meu filho, não empreendas coisas em demasia, porque, se adquirires riquezas, não ficarás isento de culpa; se empreenderes muitos negócios, não poderás abrangê-los; se te antecipares, não te sairás bem deles.
11. Há ímpio que trabalha, se apressa e se queixa, porém só se torna menos rico.
12. Há homem esgotado e em grande necessidade de alívio, pobre de energia e rico em necessidades,
13. que o olhar de Deus considera com benevolência, e tira do desalento para lhe dar ânimo; muitos, ao verem isso, ficam surpreendidos e dão glória a Deus.

Eclesiástico  11,10-13  BBAVMaria  pág 877

quinta-feira, 10 de março de 2016

Antes de uma cirurgia...


Não tenha medo, pois o Senhor é quem vai com você. Ele não o deixará, e jamais o abandonará. (Dt 31,8).
Sou eu que estou mandando que você seja firme e corajoso! Portanto, não tenha medo e não se acovarde, porque o Senhor seu Deus está com você aonde quer você vá (Js 1,9).
Não tenha medo, pois eu estou com você. Não precisa olhar com desconfiança, eu o ajudo e o sustento com minha direita vitoriosa (Is 41,10).
Senhor meu refúgio, minha fortaleza, meu Deus, eu confio em Ti! (Sl 91).

Paráfrase ao Pai Nosso por São Francisco


O santíssimo Pai nosso: Criador, Redentor, Salvador e Consolador; que estais nos céus: nos anjos e nos santos.
Vós os iluminais para o conhecimento, porque vós, Senhor, sois a Luz. Vós os inflamais para o amor, porque vis, Senhor, sois o Amor.
Vós habitais neles repletando-os para a vida beatífica, porque vós, Senhor, sois o sumo Bem, o Bem eterno, do qual procede todo bem e sem o qual nada pode ser bom;
Santificado seja o vosso nome: reluza em nos o conhecimento de vós, para podermos reconhecer a largura de vossos benefícios, o comprimento de vossas promessas,

quarta-feira, 9 de março de 2016

Novena a São José

joseph10

O poder e a bondade de São José são verdadeiramente grandes. Tal qual a Mãe de Deus, de certa, forma pode-se dizer que também a São José foi concedida a onipotência suplicante. Por que ele, logo depois de Maria, está mais próximo de Deus.

Peçamos sua intercessão junto a Nosso Senhor! Iniciemos hoje mesmo essa novena:

1º Dia:

São José, pai nutrício de Jesus

terça-feira, 8 de março de 2016

Oração diante do Crucifixo





Altíssimo e glorioso Deus,
iluminai as trevas do meu coração
e dai-me uma fé direita, esperança certa
e caridade perfeita,
bom senso e conhecimento, Senhor,
para que faça vosso santo
e verdadeiro mandamento. Amém.

segunda-feira, 7 de março de 2016

Nosso amor à Igreja

Esta semana, vamos refletir sobre a Igreja, buscando afervorar o amor por ela. Começo por definir o que vem a ser a Igreja. Os Santos Padres, teólogos dos primeiros séculos, consideram-na Comunidade de fé e de caridade, dando a essa caridade o nome de ágape.

A Igreja é a Comunidade daqueles que seguem a mesma fé: “Há um só Senhor, uma só fé, um só Batismo. Há um só Deus e Pai de todos, que atua acima de todos, por todos e em todos”, diz São Paulo (Ef 4,5-6). Esta Comunidade caracteriza-se, externamente, pelo dinamismo e a criatividade do amor ao próximo: isto é o que chamamos de caridade. São João dedica grande parte de sua Primeira Carta ao conhecimento de Deus através da fé e da caridade, pelo nosso devotamento aos irmãos.

O Cântico do Irmão Sol

(Ou Cântico das Criaturas)

Altíssimo, onipotente, bom Senhor,
Teus são o louvor, a glória, a honra e toda a bênção
Só a ti Altíssimo, são devidos; e homem algum é digno de te mencionar.
Louvado sejas, meu Senhor, Com todas as tuas criaturas, especialmente o Senhor irmão Sol, que clareia o dia e com sua luz nos alumia.
E ele é belo e radiante com grande esplendor. De ti, Altíssimo, é a imagem.
Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã Lua e as Estrelas, que no céu formaste claras
E preciosas e belas.
Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão Vento,
Pelo ar, ou nublado ou sereno, e todo o tempo, pelo qual às tuas criaturas dás sustento.
Louvado sejas, meu Senhor pela irmã Água, que é mui útil e humilde e preciosa e casta.
Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão Fogo. Pelo qual iluminas a noite. E ele é belo e jucundo e vigoroso e forte.
Louvado sejas, meu Senhor, por nossa irmã a mãe Terra, que nos sustenta e governa,
E produz frutos diversos e coloridas flores e ervas.
Louvado sejas, meu Senhor, pelos que perdoam por teu amor, e suportam enfermidades e tribulações. Bem aventurados os que sustentam a Paz, Que por ti, Altíssimo, serão coroados.
Louvado sejas, meu Senhor, por nossa irmã a Morte corporal, da qual homem algum pode escapar. Ai dos que morrerem em pecado mortal! Felizes os que ela achar conformes à tua santíssima vontade, porque a morte segunda não lhes fará mal!
Louvai e bendizei a meu Senhor, e dai-lhe graças, e servi-o com grande humildade.

sexta-feira, 4 de março de 2016

Modelo da santidade da Igreja

1. Na Carta aos Efésios, São Paulo ilustra a relação esponsal entre Cristo e a Igreja, com as seguintes palavras: “Cristo amou a Igreja, e por ela Se entregou, para a santificar, purificando”a no batismo da água pela palavra da vida, para a apresentar a Si mesmo como Igreja gloriosa sem mancha nem ruga, nem qualquer coisa semelhante, mas santa e imaculada” (Ef 5, 25-27).
O Concílio Vaticano Il retorna às afirmações do Apóstolo e recorda que, “na Santíssima Virgem, a Igreja alcançou já a perfeição”, enquanto “os fiéis ainda têm de trabalhar por vencer o pecado e crescer na santidade” (LG, 65).

quinta-feira, 3 de março de 2016

Adoração a Jesus na Cruz




Nós vós adoramos,
santíssimo Senhor Jesus Cristo,
aqui e em todas as vossas igrejas
que estão em todo o mundo,
e vos bendizemos,
porque pela vossa santa cruz
redimistes o mundo.

Prece de Salomão

22. Em seguida, pôs-se Salomão diante do altar do Senhor, em presença de toda a assembléia de Israel, estendeu as mãos para o céu e disse:
23. Senhor, Deus de Israel, não há Deus semelhante a vós, nem no mais alto dos céus, nem aqui embaixo, na terra; vós sois fiel à vossa misericordiosa aliança com os vossos servos, que caminham diante de vós de todo o seu coração.
24. Cumpristes a promessa que fizestes a vosso servo Davi, meu pai: o que vossa boca falou, realizou-o vossa mão, como hoje se vê.
25. Agora, Senhor, Deus de Israel, realizai a promessa que fizestes a vosso servo Davi, meu pai, quando lhe dissestes: Não te faltará jamais diante de mim um sucessor ocupando o trono de Israel, contanto que teus filhos guardem cuidadosamente os teus caminhos, andando diante de mim, como tu mesmo o fizeste.
26. Cumpra-se, pois, presentemente, ó Deus de Israel, a promessa que fizestes ao vosso servo Davi, meu pai.
27. Mas, será verdade que Deus habite sobre a terra? Se o céu e os céus dos céus não vos podem conter quanto menos esta casa que edifiquei!
28. Entretanto, Senhor Deus meu, atendei à oração e às súplicas de vosso servo; ouvi o clamor e a prece que hoje vos dirijo.
29. Que vossos olhos estejam dia e noite abertos sobre este templo, sobre este lugar, do qual dissestes: O meu nome residirá ali. Ouvi a oração que vosso servo vos faz neste lugar.
30. Ouvi a súplica de vosso servo e de vosso povo de Israel, quando orarem neste lugar. Ouvi-os do alto de vossa morada no céu, ouvi-os e perdoai!

1º Reis   8, 22-30  Bília Ave Maria Pág. 376

Oração à Sabedoria Eterna

bibliamoça

Peçamos a Deus a sabedoria que vem dos Céus!

Assim rezava São Luis de Montfort:

Ó Sabedoria divina, rainha do céu e da terra! Prostrado humildemente diante de vós, peço-vos perdão da minha ousadia em vir falar das vossas grandezas, sendo eu tão ignorante e pecador.

Peço-vos que não leveis em conta as trevas do meu espírito nem a impureza de meus lábios; e se porventura olhardes para elas, que seja para as destruirdes com o olhar dos vossos olhos e com o sopro dos vossos lábios.

Tendes em vós tantas belezas e doçuras, preservastes-me de tantos males e cumulastes-me de tantos benefícios e, apesar disso, continuais a ser tão desconhecida e desprezada!

Como poderei eu ficar calado?

Sim, não apenas o sentimento de justiça e de gratidão me impelem a falar de vós, mas também o meu próprio interesse, ainda que não consiga senão balbuciar como uma criança. Não faço senão balbuciar, é verdade, precisamente porque sou uma criança, e balbuciando, quero aprender a falar corretamente quando vier a alcançar a plenitude da vossa idade.

Admito que poderá parecer não haver nem lógica nem ordem naquilo que escrevo; mas eu tenho um desejo ardente de possuir-vos e, como Salomão, procuro por toda a parte encontrar-vos, numa correria sem rumo”

Se me empenho a tornar-vos conhecida neste mundo, é porque vós mesma prometestes dar a vida eterna a quantos vos enaltecerem e vos tornarem conhecida.

Aceitai, pois, minha amável princesa, os meus balbuciamentos, como se fossem eloquentes discursos; aceitai os traços da minha pena como outros tantos passos que eu dou para vos encontrar.

E, do alto do vosso trono, enviai tantas bênçãos e luzes sobre tudo quanto me proponho fazer e dizer de vós, que todos quantos, vierem a ouvi-la, venham a sentir-se inflamados por um desejo renovado de vos amar e vos possuir no tempo e na eternidade.

S. Luís M. Grignion de Montfort

Retirado do livro: O Amor da Sabedoria Eterna

quarta-feira, 2 de março de 2016

Por que Deus nos fez livres, mas podendo pecar?

tumblr_l3f3yzGeuf1qacrfzo1_400

Algumas pessoas me perguntam: por que Deus nos fez livres, sabendo que o homem iria usar mal dessa liberdade e cometeria o pecado? Essa questão é muito importante.

Para nos fazer belos, criados “à sua imagem e semelhança” (Gn 1,26), Deus nos dotou de muitos dons que não deu aos animais: antes de tudo as mãos e a inteligência. Com as mãos construímos o que a inteligência elaborou. E ainda nos deu a liberdade, vontade, memória, inteligência, consciência, capacidade de amar, cantar, sorrir, chorar… Nenhum irracional tem isso.

Oração do Motorista




Abençoai, Senhor, a mim e a este veículo
Acompanhai-me com vossos anjos e santos, trazendo-me paz e serenidade ao volante.
A Virgem Maria, Mãe de Deus e minha, envolva, com sua bondosa proteção, a mim e os que comigo viajam.
Por isso, guiarei obedecendo às leis e aos sinais do trânsito, descansado e em sobriedade.
Não me deixarei levar por descuidos e provocações.
Farei minha parte com prudência e constante atenção para que a bênção divina sempre me proteja.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

terça-feira, 1 de março de 2016

As faces do Amor

O Amor e suas faces

O amor gera a vida; o egoísmo produz a morte. A psicologia mostra hoje com toda clareza que as graves perversões morais tem quase sempre como causa principal uma frustração de amor. Os jovens se encaminham para as drogas, para o sexo vazio, para o alcoolismo e para tantas violências, porque são carentes de amor, desnutridos de amor. A pior anemia é a do amor. Leva à morte do espírito. Ninguém pode ser feliz se não for amado; se não fizer uma experiência de amor. Se isto é importante na infância e na adolescência, também na vida conjugal isto é verdade.

Joana d’Arc e o “doce nome” de Jesus

CIDADE DO
VATICANO, quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 (ZENIT.org) – Apresentamos, a seguir, a catequese dirigida
pelo Papa aos grupos de peregrinos do mundo inteiro, reunidos na Sala Paulo VI
para a audiência geral.

***

Queridos
irmãos e irmãs:

Hoje, eu
gostaria de falar de Joana d’Arc, uma jovem santa do final da Idade Média,
morta aos 19 anos, em 1431. Esta santa francesa, citada muitas vezes no
Catecismo da Igreja Católica, é particularmente próxima de Santa Catarina de
Sena, padroeira da Itália e da Europa, de quem falei em uma recente catequese.
São, de fato, duas jovens mulheres do povo, leigas e consagradas na virgindade, duas místicas comprometidas, não no claustro, mas em meio às realidades mais dramáticas da Igreja e do mundo na sua época. São, talvez, as figuras mais características dessas “mulheres fortes” que, no final da Idade Média, carregaram sem medo a grande luz do Evangelho nas complexas vicissitudes da história. Poderíamos colocá-la ao lado das santas mulheres que permaneceram no Calvário, perto de Jesus crucificado e de Maria, sua Mãe, enquanto os apóstolos tinham fugido, e o próprio Pedro havia negado Jesus três vezes.

Oração Milagrosa


Pai,agradeço os valores que me deste, especialmente o valor divino da Eucaristia.
Abraça-me para que me sinta amado. Fortifica-me e cura-me com o Corpo e sangue do teu filho Jesus, e veste-me com roupas de inocência e festa, como filho e herdeiro.
Caminha de mãos dadas comigo e, nos caminhos difíceis da vida, carrega-me em teus braços.
Que Maria, Mãe da Eucaristia, me faça sentir o poder do teu Filho Jesus. Manda teus anjos e santos me proteger. Quero sentir a proteção e bênção dos meus parentes queridos que já estão no céu.
Sei que me deste a graça que necessito. Farei minha parte para que ela se realize em mim.
Aumente minha confiança em tí. Meu Divino Espírito Santo, estás em mim para me fazer sentir o sabor das coisas divinas.
Dá-me sentir o sabor e o poder da Eucaristia. Eu preciso sentir Jesus curando minhas doenças, expulsando do meu interior toda memória negativa. Jesus, Filho de Deus e meu irmãos redentor, purifica-me de meus pecados, impõe tuas mãos sobre mim e afasta de mim todos os males. Fica sempre comigo, Jesus, com o Pai e o Espírito Santo. Amém !

Índice Por Categorias


Carregando...

Google+ Followers