Notícias deslizantes

Menu

terça-feira, 26 de setembro de 2017

O Sinal da Cruz

Resultado de imagem para O Sinal da Cruz

Quando fizeres o sinal da Cruz, faze-o bem feito. Não tão depressa e contraído que ninguém o saiba interpretar. Uma verdadeira cruz, pausada, ampla, da fronte ao peito, do ombro esquerdo ao direito. Não sentes como te abraça por inteiro? Procura recolher-te; concentra nela teus pensamentos e teu coração enquanto a vais traçando da fronte ao peito e aos ombros e verás que te envolve o corpo e a alma, se apossa de ti, te consagra e santifica.
E por quê? Porque é sinal de totalidade e sinal de redenção. Na cruz o Senhor redimiu a todos e pela cruz santifica o ser humano até sua última fibra. Por isso a fazemos ao começar a oração, para que ordene e componha nosso interior, encaminhando a Deus pensamentos, afetos, desejos e, ao terminá-la, para que ele nos fortaleça; nos perigos, para que nos defenda; na bênção, para que, penetrando a plenitude de vida divina em nossa alma, fecunde quanto nela exista.
Considera estas coisas sempre que faças o sinal da Cruz. Sinal mais sagrado não existe. Faze-o bem: pausado, amplo, com esmero. Então ele abraçará plenamente teu ser, corpo e alma, pensamento e vontade, sentido e sentimento, atos e ocupações; e tudo ficará nele fortalecido, assinalado e consagrado no poder de Cristo e em nome do Deus uno e trino.
Autor: Romano Guardini

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

27 livros perdidos e citados pela Bíblia

bible-podiumNo Antigo Testamento:

1. Livro das Guerras de Javé: “Por isso se diz no Livro das Guerras de Javé: ‘Assim como fez no Mar Vermelho, assim fará nas torrentes do Arnon. Os rochedos das torrentes se inclinaram, para descansar em Ar, e repousarem sobre os confins dos moabitas” (Num. 21,14-15) .

2. Livro do Justo: “Foi então que Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor entregou os amorreus aos filhos de Israel. Disse Josué na presença de Israel: ‘Sol, detém-te em Gabaão, e tu, lua, no vale de Ajalão!’ E o sol e a lua pararam até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está isto escrito no Livro do Justo? Parou pois o sol no meio do céu, e não se apressou a pôr-se durante o espaço de um dia” (Jos. 10,12-13).

Qual Imperador Romano começou a segunda perseguição aos cristãos, no primeiro século?

Resultado de imagem para Imperador Romano Domiciano

Foi o terrível Imperador Romano Domiciano (81-96) que começou a segunda perseguição aos cristãos. Ele se considerava “Dominus ac Deus” (Senhor e Deus), e dizia que Deus exigia adoração a si mesmo. São João foi, então, exilado na ilha de Patmos (cf. Ap 1,9). Domiciano executou nobres que se tornaram cristãos, como o cônsul Acilo Gabrion, Flavio Clemente e a própria esposa Flávia Domitila, e Papa Santo Anacleto.

Cleofas

O que significa o que está escrito em Apocalipse 17,10?

moeda

Em Apocalipse 17,10 está escrito: “São também 7 reis, 5 já caíram, um existe e o outro ainda não veio”

Esta passagem se refere aos 5 imperadores Augusto,Tibério,Cláudio, Calígula e Nero que reinaram desde o ano 31 até o ano 68 d.c. O Imperador que existe é Vespasiano.

Prof. Felipe Aquino

Fonte: Cleofas

Antigo Testamento

Imagem relacionada

O Antigo Testamento, também conhecido como Escrituras Hebraicas, tem 46 livros (39 livros na versão usada pelos protestantes) e constitui a primeira grande parte da Bíblia cristã, e a totalidade da Bíblia hebraica Tanakh. (24 são divididos no Judaísmo, pois alguns dos livros são considerados como um. Ex: 1 e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas) Foram compostos em sua grande maioria em hebraico e partes em aramaico.

Chama-se também Tanakh, acrônimo lembrando as grandes divisões dos escritos sagrados da Bíblia hebraica que são os Livros da Lei (ou Torá), os livros dos profetas (ou Nevi'im), e os chamados escritos (Ketuvim). Entretanto, a tradição cristã divide o Antigo Testamento em outras partes, e reordena os livros dividindo-os em categorias; Lei, história, poesia (ou livros de sabedoria) e Profecias.

Emprestar ao pobre

Resultado de imagem para Emprestar ao pobre

No texto do Êxodo, narrado pela Bíblia, encontramos. “Se emprestares dinheiro a alguém do meu povo, a um pobre que vive ao teu lado, não sejas um usurário dele cobrando juros” (Ex 22, 24). O pobre é o protegido de Deus. Até a mãe ou o pai de família cuida com carinho especial do filho ou da filha doente ou que tem mais limites. Os outros são cuidados também, mas o zelo especial vai para quem mais precisa.

sábado, 23 de setembro de 2017

Doação de órgãos

Resultado de imagem para Doação de órgãos

Esclarecimento a posição da Igreja Católica a respeito da doação de órgãos de pessoas com morte encefálica comprovada. A questão tem sua relevância, dado o grande número de pessoas que estão à espera de algum tipo de órgão.
Recordamos antes de tudo a Palavra do Senhor, que diz: “O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Mc 10,45). Guiados pela luz do evangelho, vemos na doação voluntária de órgãos um gesto de amor fraterno em favor da vida e da saúde do próximo. É uma prova de solidariedade, grandeza de espírito e nobreza humana.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

A criança na Bíblia

Imagem relacionada
Caminhando na Palavra de Deus encontraremos textos que mostram a criança. São episódios cheios de lição para todos nós. Verifique como as crianças aparecem, o que fazem e como Deus e/ou os homens as tratam; Verifique o período da história bíblica em que o fato aconteceu. Faça uma ficha para cada criança, responda:
Qual é a passagem Bíblica?
Qual o nome da criança?
Como você vê a situação da criança neste texto?
Qual a missão de cada criança?

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Ira, Tristeza, alegria, medo e culpa: por que agimos do jeito que agimos?

Resultado de imagem para Ira, Tristeza,

Como seres humanos, temos orgulho do fato de sermos criaturas intelectuais, que pensamos e racionamos. Descartes disse que “porque penso, eu existo”. Antes de agir, pensamos e geralmente planejamos o que faremos. Mas antes de pensar existe outro fator forte, uma energia que influi demais na maneira de pensarmos. São os sentimentos que fazem parte de nosso ser. Existem milhares de sentimentos, mas podem ser resumidos em 5 básicos: ira, tristeza, alegria, medo, culpa.
Tudo que pensamos para chegar à ação passa pela presença dos sentimentos que dão um “colorido” aos pensamentos. Ninguém existe num vácuo, tão objetivo que as circunstancias e acontecimentos atuais não pesem na maneira de reagirmos na hora do agir. Todo o mundo sabe que não devemos permitir que coisas externas ditem a nossa conduta, mas o fato é que exercem uma influencia incrível. Alguns conseguem criar uma altitude interior que supera esta força ou dirigem essa energia para algo positivo.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Jesus e a política

Resultado de imagem para Jesus e a política

No tempo de Jesus existiam diversos “partidos” políticos, como, por exemplo, os saduceus que eram considerados os colaboracionistas com o poder atual i.e. os romanos. Havia também os zelotes, os homens do punhal, de revolução. Judas era um deles.
A respeito dos lideres políticos, notamos que Jesus chamou o Rei Herodes de “raposa” (Lc 13,32, e tinha uma olhar crítico sobre os governantes (Lc 22,25). Assim de um lado temos Judas como apostolo sendo um zelote. Cristo purificou o Templo; existiam armas entre os discípulos em Getsemani.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Quem foi o primeiro rei do povo hebreu?

Davi

De fato, o primeiro rei dos judeus foi Saul, mas não reinou sobre todo o Israel; Davi foi o primeiro que teve reinado pleno sobre todo o Israel, que se estendeu por 40 anos em Israel. A ele Deus prometeu através do profeta Natan que um dos seus descendentes seria o “Rei eterno” (2Sm 7, 1-17), o Messias, Jesus Cristo. Davi foi sucedido por seu filho Salomão, no ano 970 aC.

Cleofas

Como pude fazer isso?

Resultado de imagem para Como pude fazer isso?

É freqüente perguntarmo-nos, ao recordar os nossos pecados: “Como pude ser tão estúpido ? Como é possível que me tenha comportado como um animal, que tenha caído outra vez após outra nisto… e também naquilo?” Falamos como se no fundo, fôssemos pessoas excelentes, e os nossos pecados uma espécie de lapsos inexplicáveis.
Não é necessário dizer-te que essa visão é completamente falsa. A verdade - tanto do ponto de vista teológico como do da experiência própria - é que somos criaturas caídas e, por isso, constantemente inclinadas a deixar-nos levar pela tentação, embora nos esqueçamos disso com freqüência. Dizemos a nós mesmos: “Que coisa extraordinária ! Vi claramente que não deveria fazer aquilo, mas acabei fazendo-o apesar de tudo. É absurdo”. Como vês, não o é de maneira nenhuma, desde que compreendas retamente a doutrina do pecado original.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Como é o Processo de Beatificação?

Resultado de imagem para Como é o Processo de Beatificação?

Provas de virtude em grau heroico, santidade popular e um milagre.

Os procedimentos burocráticos são semelhantes à justiça comum, porém regidos pelo Direito Canônico, onde se procura a verdade sobre o Servo de Deus

Regulamentação

As atividades do Processo são regulamentadas por:

a) Código de Direito Canônico de 1983, cânones 1403 a 1600;

b) Constituição “Divinus perfectionis magister”, de João Paulo II, de 25.01.1983;

c) Normas da Sagrada Congregação para as Causas dos Santos “Normae servandae in inquisitionibus ab Episcopis faciendis in Causis Sanctorum”, de 07.02.1983.

Misericórdia e Reconciliação

Resultado de imagem para Misericórdia e Reconciliação

JESUS, AO VER a mulher, movido de compaixão para com ela, disse‑lhe: Não chores. E aproximou‑se e tocou no esquife. E os que o levavam pararam. Então disse ele: Jovem, eu te digo, levanta‑te. E sentou‑se o que tinha estado morto e começou a falar. E Jesus entregou‑o à sua mãe.
Muitos Padres viram nesta mãe que recupera o filho morto uma imagem da Igreja, que também recebe os seus filhos mortos pelo pecado, prolongando assim a ação misericordiosa de Cristo. A Igreja, que é Mãe, com a sua dor “intercede por cada um dos seus filhos como fez a mãe viúva pelo seu filho único”. Ela “alegra‑se diariamente – comenta Santo Agostinho – com os homens que ressuscitam nas suas almas. Aquele, morto corporalmente; estes, espiritualmente”. Se o Senhor se compadece de uma multidão faminta, como não há de compadecer‑se de quem sofre uma doença da alma ou já traz em si a morte para a vida eterna?

O que é uma “Porta Santa”?

Quando a Igreja iniciou a tradição de abrir as “Portas Santas”?

Porta-Santa-São-João-de-Latrão

Com a intenção de lembrar isto aos fiéis, Martinho V abriu pela primeira vez a Porta Santa da Basílica do Latrão como marco inicial do Jubileu de 1423. Somente em 1499 o costume foi estendido à Porta Santa da Basílica de São Pedro, por desejo de Alexandre VI.

sábado, 16 de setembro de 2017

Francis Kravicz

16-9-2017 9.9.15 1

Perseguição e Hostilidade

Resultado de imagem para Perseguição e Hostilidade biblico

O SENHOR ANUNCIA em diversas ocasiões que quem deseja segui‑lo verdadeiramente e de perto terá que enfrentar as investidas dos que se comportam como inimigos de Deus e até dos que, sendo cristãos, não vivem com coerência a sua fé.
O cristão, no seu caminho de santidade, encontrará por vezes um clima de hostilidade, que o Senhor não duvidou em chamar com uma palavra dura: perseguição. Na última das bem‑aventuranças referidas por São Lucas no Evangelho da Missa, Jesus diz: Bem‑aventurados sereis quando os homens vos odiarem, quando vos expulsarem e injuriarem, e proscreverem o vosso nome como maldito, por causa do Filho do homem.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Pirâmides macabras no México…

…e o juízo bíblico dos deuses pagãos: “são demônios”

Máscara da divindade Tezcatlipoca, o cruel deus que habitaria na Mãe Terra, algo vagamente comparável à divindade Pachamama ou à deusa Gaia de recente invenção ecologista. Museu Britânico

Máscara de Tezcatlipoca, o cruel deus que habitaria na Mãe Terra,
algo vagamente comparável à divindade Pachamama
ou à deusa Gaia de recente invenção ecologista. Museu Britânico

Por vezes é tido como moderno apresentar o índio como arquétipo de uma vida integrada na natureza, em pacífica relação com seus congêneres, adorando deidades em harmonia com o meio ambiente.
Alguns até os elevam a patrimônio da humanidade, a ser preservado sem influência da civilização, a fim de exibirem seu modelo de vida ao homem moderno em crise.
Eles teriam vivido nus em um sistema perfeito, tendo a mata como único teto antes da chegada de missionários e civilizadores.
Mas isso é bem assim?

Senhor, eu creio, mas aumenta a minha fé !

Imagem relacionada

“Deus deixa-se ver por aqueles que são capazes de vê-lo por terem os olhos da alma abertos. Porque a verdade é que todos têm olhos, mas alguns têm-nos cobertos de trevas e não podem ver a luz do Sol. E a luz solar não deixa de brilhar por haver cegos que não vêem; e portanto a escuridão que os envolve deve-se atribuir unicamente à sua falta de capacidade de ver”(1). Devemos ter em conta – para nós mesmos e na nossa ação apostólica – que, não raras vezes, o grande obstáculo para que se aceite a fé ou uma vida cristã coerente são os pecados pessoais não perdoados, os afetos desordenados e as faltas de correspondência à graça. “O homem, levado pelos seus preconceitos ou instigado pelas suas paixões e pela má vontade, pode não só negar a evidência dos sinais externos que tem diante dos olhos, mas também resistir e afastar as inspirações superiores que Deus infunde na sua alma”(2).

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Se teu irmão chegar a pecar...

Resultado de imagem para Se teu irmão chegar a pecar...
No Evangelho de Mateus 18, 15-20 lemos: «Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: ‘Se teu irmão chegar a pecar, vai e repreendê-o, a sós tu e ele. Se te escutar, terás ganhado um irmão’». Jesus fala de toda culpa; não restringe ao campo apenas do que se comete contra nós. Neste último caso, de fato, é praticamente impossível distinguir se o que nos move é o zelo pela verdade ou nosso amor próprio ferido. Em todo caso, seria mais uma autodefesa que uma correção fraterna. Quando a falta é contra nós, o primeiro dever não é a correção, mas o perdão.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Jejum: de que adianta não comer carne, se você devora seu irmão?

Resultado de imagem para são joão crisóstomo

São João Crisóstomo ensina:
“A honra do jejum consiste não na abstinência da comida, mas em evitar as ações pecaminosas; quem limita o seu jejum apenas à abstinência de carnes o desonra. Praticas o jejum? Prova-me por tuas obras! Perguntas que tipo de obras?
Se vires um inimigo, reconcilia-te com ele!
Se vires um amigo tendo sucesso, não o inveje!
Se vires uma mulher bonita, passe sem olhar!

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

A postura e os gestos na Santa Missa

Resultado de imagem para A postura e os gestos na Santa Missa

Postura

A Liturgia é feita de gestos e símbolos. Dizia-nos o papa Paulo IV sobre a postura: “Talvez vos possa parecer que a Liturgia está feita de coisas pequenas: atitudes do corpo, genuflexões, inclinações de cabeça, movimentos do incensório, do missal, das galhetas. É então que se devem recordar aquelas palavras do Cristo no Evangelho: quem é fiel no pouco sê-lo-á no muito (Lc 16, 16). Por outro lado, nada é pequeno na Santa Liturgia, quando se pensa na grandeza daquele a quem se dirige”. A imagem é bastante clara, toda e qualquer ação litúrgica não está em seu lugar por um mero acaso, ao contrário, está naquele momento e é daquela forma porque a Igreja entende que é assim, e não de qualquer outra forma, que se pode mais facilmente elevar ao alto nossos corações ao encontro de Deus.

Ler a Sagrada Escritura

Resultado de imagem para Ler a Sagrada Escritura

“Afinal de contas, convém ou não ler e mandar ler a Sagrada Escritura? Certas páginas do Antigo Testamento não se poderiam tornar nocivas?”

Não há dúvida, a leitura das Sagradas Letras merece ser amplamente fomentada. E porque?

1) A Sagrada Escritura é, por definição, o Livro inspirado por Deus (isto não quer dizer que Deus tenha revelado aos autores bíblicos verdades novas, mas, sim, que iluminou a mente dos mesmos a fim de que, aludindo aos elementos deste mundo segundo o modo de pensar e falar dos orientais antigos, transmitissem fielmente verdades religiosas).

A Sagrada Escritura é, por conseguinte, a palavra de Deus tornada palavra do homem, fazendo eco ao mistério da Encarnação, pelo qual Deus se uniu à natureza humana.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

O Amor vê mais do que a razão

Imagem relacionada

"O amor vê mais do que a razão, quando a luz da razão não nos dá mais acesso, o amor vê e torna possível a experiência de um caminho humilde e realista, dia após dia, através do qual tocamos realmente o coração de Deus". Bento XVI resumiu durante a Audiência Geral desta quarta-feira, 14, com essas palavras o ensinamento de Dionísio Aeropagita, antigo autor cristão e Padre da Igreja, que tornou possível um diálogo entre o Evangelho e a Filosofia grega inspirada por Platão.
Segundo o Pontífice, Dionísio é um exemplo a ser seguido no diálogo inter-religioso, pois a sua Teologia, pode oferecer luzes ao diálogo entre o "Evangelho e as religiões místicas da Ásia".

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Qual é a razão de se viver?

Resultado de imagem para Qual a razão de se viver?

Vivo por causa de vós (Fil. 1, 12 – 26)
Muitas pessoas frequentemente se perguntam: qual a razão de se viver? Ou qual o sentido do meu viver?
Esse questionamento deve ser feito mais vezes. Precisamos descobrir qual o sentido do meu viver.
São Paulo nos diz que a razão dele continuar a viver é por causa daqueles que o ouviam. Se não fosse esse motivo ele prefereria estar com Cristo na glória.

Quais são os livros da Bíblia que se referem ao período das origens de Israel até o tempo de sua realeza?

velho testamentoOs livros da Bíblia: Gênesis, Êxodo, Levítico, Número, Deuteronômio, Josué, Juízes, I e II Samuel, I e II Reis, se referem ao período das origens de Israel até o tempo da sua realeza (1800 – 1000 aC).

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Trabalhamos com Deus ou para Deus?

Resultado de imagem para Trabalhamos com Deus ou para Deus?

Diante da correria, da pressa: Trabalhamos com Deus ou para Deus?
É muito comum encontrarmos pessoas que ajudam nos serviços a pastorais, a célebre frase: “preciso ter pressa, pois as coisas de Deus são para ontem” ou “Deus tem pressa”. Deus tem pressa em que o homem seja salvo, mas não de qualquer forma.

sábado, 2 de setembro de 2017

Para que confessar, se voltamos a cometer os mesmos pecados?

Resultado de imagem para Para que confessar, se voltamos a cometer os mesmos pecados?

A facilidade de receber o perdão na confissão não tira a seriedade do pecado e da conversão?
A Igreja recebeu de Jesus a missão de anunciar a Boa Nova do amor e perdão de Deus. Ela procura tratar os irmãos e irmãs pecadores com a mesma compaixão e confiança que Jesus mostrou para com aqueles que se aproximavam dele. Quando Pedro perguntou: "Quantas vezes terei que perdoar o meu irmão, se pecar contra mim? Até sete vezes?", Jesus respondeu: "Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete" (Mt 18,21s). Se nós devemos estar prontos a perdoar sempre, quanto mais generoso será o coração do próprio Deus?

Anjos e Arcanjos

Resultado de imagem para anjos e arcanjos gifs

Em hebraico (mal'ak) e em grego (ánghelos), anjo significa "enviado", "mensageiro", ou seja, "missionário de Deus".
Sabemos - por ensinamento de Santo Tomás de Aquino, o "Doutor Angélico" - que os anjos se dividem em três hierarquias, cada uma composta por nove coros. A terceira hierarquia, composta pelos serafins, querubins e tronos, é a mais "privilegiada", os anjos que a compõem vivem ao redor do trono de Deus, contemplando sua glória e cantando seus louvores. Pela luz que é comunicada a eles, vinda do trono de Deus, são instrumentos de aperfeiçoamento das demais hierarquias.

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Edifícios nobres da Idade Média ou prédios de gosto decadente de hoje?

Pugin: o estilo gótico exprime as verdades do culto católico. Igreja de São Domingos em Londres.

Pugin: o estilo gótico exprime as verdades do culto católico.
Igreja de São Domingos em Londres.

Em seu histórico ensaio “Contrastes”, o arquiteto A. W. Pugin que desenhou o Big Ben de Londres, faz um paralelismo entre os edifícios nobres da Idade Média, notadamente os religiosos, e os modernos prédios de gosto decadente que predominam hoje.
Eis alguns excertos livres:

A arquitetura influencia a fé dos fiéis que frequentam o templo. Isso é particularmente sensível nas igrejas católicas onde todos os elementos arquitetônicos são concebidos em função dos ensinamentos e da liturgia da Igreja.

Fé - É difícil aumentar a sua?

Imagem relacionada

"A fé é o fundamento da esperança, é uma certeza a respeito do que não se vê.". Hb 11,1"
Depois disse a Tomé: Introduz aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos. Põe a tua mão no meu lado. Não sejas incrédulo, mas homem de fé.". Jo 20,27
Quantos de nós não pede ao frentista do posto de gasolina para abastecer vinte litros de combustível e não certifica-se de que vinte litros realmente foram colocados? Quem coloca uma carta importante na caixa de correio e não espera para ver se algum carteiro a pega para fazer a entrega ou se a joga fora?

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

“É sangue de um homem torturado e assassinado”, diz estudo atômico do Santo Sudário

O prof. Giulio Fanti mostra uma fibra do Santo Sudário vista num microscópio atômico

O Santo Sudário que envolveu o corpo de Jesus Cristo no Santo Sepulcro foi submetido a dezenas de estudos e pesquisas pelas mais variadas especialidades científicas e métodos de análise.
Os resultados vêm sendo espantosamente convergentes.
Quando se diria que tantos testes e análises esgotaram tudo o que se podia saber do sagrado linho, que volta a mostrar mistérios assombrosos que jamais puderam ser explicados.

Posso desejar ser rico?

dinheiros

A Igreja não condena a pessoa ter bens materiais. O que não pode é ser ganancioso, avarento e apegado aos bens materiais, vivendo o egoísmo.

Os bens devem ser usados para o nosso bem e o dos outros; colocá-los a serviço do bem dos outros também.

A escravidão ao dinheiro é que é condenada; isto é, a pessoa que usa de meios ilegais (roubo, crime, fraude, etc.,) para ganhar, e esquece de Deus e do amor ao próximo.

Prof. Felipe Aquino

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

A esperança é o combustível da vida

Resultado de imagem para A esperança é o combustível da vida

A esperança corresponde à aspiração de felicidade existente no coração de cada pessoa. Interessante observar que quem perde a esperança mais profunda perde o sentido de sua vida; sem esperança viver não tem sentido. O próprio antônimo dessa palavra é DESESPERO, ou melhor, a perda quase que em estado definitivo da esperança. E este [desespero] é capaz de corroer o coração.

A ciência dos números e a harmonia do universo no templo de suprema beleza

Relógio astronômico da catedral de Lund, Suécia

Relógio astronômico da catedral de Lund, Suécia

A construção das catedrais participa da ciência dos números, esses números que são a harmonia do mundo, e que foram consagrados pela liturgia católica.
0 3 é o algarismo da Trindade, algarismo divino por excelência, que reconduz tudo à unidade e representa as três virtudes teologais.
0 4 é o algarismo da matéria: dos quatro elementos; dos quatro temperamentos humanos; dos quatro evangelistas tradutores da palavra de Deus; das quatro virtudes cardeais, que devem ser praticadas pelo homem na condução da sua vida terrestre.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Existe algum Papa que não consta na lista oficial de papas?

Estevão II(752) foi o primeiro papa eleito cujo nome não consta da lista oficial de papas, porque morreu antes de ser consagrado bispo de Roma.

Cleofas

A Fênix: Morrer para renascer

Resultado de imagem para A Fênix: Morrer para renascer

O ser humano tende a fazer do visível o trampolim para ilustrar o invisível. No folclore de muitos povos há estorietas fictícias cheias de sabedoria; entre elas, a lenda da fênix, que já Heródoto (séc. V a.C.), poeta grego, contava, e que a tradição cristã assumiu como significativa da ressurreição de Cristo e, indiretamente, dos cristãos. Eis o seu teor:

A Igreja permite casamentos sem o sacramento da crisma?

Resultado de imagem para A Igreja permite casamentos sem o sacramento da crisma?

Eu e minha namorada somos católicos, no entanto, somente eu sou crismado, ela nunca fez a crisma, isso nos impede de casar?, nós podemos casar e em seguida ela fazer a crisma? Outra dúvida, se for de acordo com o Padre, nós podemos receber a bênção do casamento em outro local, sem ser a igreja, por exemplo, no local onde será realizada a confraternização pelo casamento?

Sua noiva pode ser crismada depois do casamento; para se casar basta ser batizada. O matrimônio pode ser celebrado em outro lugar se o pároco autorizar, mas normalmente é celebrado na igreja matriz da paróquia.

***
Prof. Felipe Aquino

Cleofas

Em que consiste o pecado contra o Espírito Santo?

pomba_branca_paz-830“EM QUE CONSISTE O PECADO CONTRA O ESPÍRITO SANTO,

QUE JESUS DIZ SER IRREMISSÍVEL?

O texto donde se deriva a questão, encontra-se em Mt 12,31s; Mc 3,28s; Lc 12,10, sendo a recensão de São Mateus a mais explícita :

“Portanto eu vos digo: todo pecado e blasfêmia será perdoado aos homens, mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada.

E, se alguém disser uma palavra contra o Filho do homem, isto lhe será perdoado; mas, se falar contra o Espírito Santo, isto não lhe será perdoado nem no presente século nem no futuro” (Mt 12,31s).

Como se vê, o Senhor distingue claramente entre palavra (ou pecado) contra o Filho do homem e palavra (ou pecado) contra o Espírito Santo. Vejamos sucessivamente o que significa cada uma destas duas expressões.

Como os israelitas escreviam a história?

bandeira-de-israel

Em síntese: O presente artigo refere as peculiaridades da historio-grafia israelita, que era esmerada no Oriente antigo, mas seguia padrões diferentes dos modernos critérios historio-gráficos.

Os antigos povos do Oriente, por muito elevado que fosse o seu grau de cultura, pouco prezavam a história (…). Era assaz generalizada a tese de que os séculos constituem ciclos fechados, os quais se repetem regularmente; acontecimentos já verificados no pretérito se reproduzirão em época futura; a sucessão dos tempos jamais conhecerá remate ou consumação final. Representavam esta concepção recorrendo à figura de uma serpente enrolada, cuja cabeça vem a morder a própria cauda (princípio e fim coincidem no mesmo ponto; todo o movimento que se registra entre os dois termos nada de novo acarreta!). Este circular contínuo e monótono da história era dito “o ritmo do yin e do yang”, “a aspiração e a expiração de Brama”, “a dança de Siva que produz e destrói sucessivamente os mundos”, “a incessante alternância da Discórdia e da Amizade”.¹

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Piercing e tatuagem

Resultado de imagem para Piercing e tatuagem

Muitos leitores têm-nos interrogado a respeito dos chamados piercings, de tatuagem e outros sinais impressos no corpo de certos jovens. A moda tem-se alastrado, deixando os pais perplexos ao verem os filhos enveredar por tais caminhos.

Fale primeiramente a medicina a tal propósito:

Os agentes da saúde chamam a atenção para o perigo de transmitirem por tal via doenças graves como as hepatites e até mesmo a AIDS. Isto acontece porque frequentemente os que realizam o piercing, a tatuagem ou a automutilação do corpo não tomam as necessárias cautelas higiênicas: verifica-se que um adolescente sobre cinco é assim contagiado, ao passo que as adolescentes são duas vezes mais afetadas. Os piercings costumam ser fixados em partes do corpo muito impróprias, a saber: na língua ou nos órgãos genitais. Seis ou sete anéis fixados através do pavilhão da orelha podem acarretar necrose da cartilagem.

A obrigação do Domingo

Resultado de imagem para Missa

Veja o que diz o Catecismo da Igreja:

2180 – O mandamento da Igreja determina e especifica a lei do Senhor: “Nos domingos e nos outros dias de festa de preceito aos fiéis têm a obrigação de participar da missa”. “Satisfaz ao preceito de participar da missa quem assiste à missa celebrada segundo o rito católico no próprio dia de festa ou à tarde do dia anterior”.

2181 – A Eucaristia do domingo fundamenta e sanciona toda a prática cristã. Por isso os fiéis são obrigados a participar da Eucaristia nos dias de preceito, a não ser por motivos muito sérios(por exemplo, uma doença, cuidado com bebês) ou dispensados pelo próprio pastor.

Movimento e Pastoral, qual a diferença?

PASTORAL_SOCIALMovimento: É uma ação dos leigos que pode envolver várias pastorais ao mesmo tempo.

Pastoral: Já a Pastoral é algo dirigido pela Diocese e Paróquia. Os movimentos atuam dentro da Paróquia.

Prof. Felipe Aquino

terça-feira, 15 de agosto de 2017

O que é uma Arquidiocese?

Resultado de imagem para O que é uma Arquidiocese?

Arquidiocese é o nome de uma diocese de um Bispo escolhido pelo Papa para presidir  uma Província eclesiástica. O Arcebispo não tem poder sobre os Bispos de sua Província. Pode apenas convocá-los para uma reunião e presidir essa reunião. Mas não pode decidir nada sobre o governo de uma diocese alheia. Não pode dar ordens aos bispos das dioceses da Província.

Cleofas

Quem pode abrir ou fechar o sacrário?

sacrariopadres

Antes de refletir sobre este tema, recordemos a essência da Eucaristia. Nosso Senhor Jesus Cristo nos deixou o tesouro da Eucaristia na Última Ceia, na Quinta-Feira Santa. A Igreja cuida com imenso carinho e esmero desse tesouro.

Mas a Igreja não é uma abstração, uma ideia: a Igreja somos todos nós, batizados. Os bispos e padres existem para santificar, reger, ensinar e também cuidar do tesouro da Eucaristia; estas são suas principais responsabilidades. E os fiéis são chamados à corresponsabilidade na vida eclesial e a desempenhar um serviço inclusive litúrgico.

Mas desempenhar um ofício na liturgia não é necessário para que um fiel possa participar ativa e frutuosamente da missa. Mais ainda: devemos respeitar a dignidade dos leigos, evitando toda “clericalização”. Ninguém pode pensar que os fiéis que desempenham ofícios litúrgicos são melhores cristãos.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Quaresma de São Miguel Arcanjo

Sao-Miguel-arcanjolDe 15 de agosto a 29 de setembro (Festa de São Miguel)

*Pode também ser rezada em qualquer época do ano.

Após a análise de sua vida, faça um altar com a imagem ou foto de São Miguel Arcanjo, colocando velas e flores para enfeitar o altar.

Todos os dias:

* Acender uma Vela abençoada (*cuidado com velas com crianças).
* Oferecer penitências e abstinências (o jejum por exemplo).
* Fazer o sinal da cruz.
* Rezar a oração inicial  .Pequeno Exorcismo do Papa Leão XIII
* Rezar a Ladainha de São Miguel Arcanjo
* Fazer o pedido de uma graça a ser alcançada
{ Confessar-se, pelo menos uma vez
{ Ir à Santa Missa, pelo menos uma vez

sábado, 12 de agosto de 2017

Superstições - Agosto vocação contra o azar

Imagem relacionada

Agosto é o mês por excelência da Pastoral Vocacional. Por outro lado, a mentalidade mágica faz dele o mês do azar. E quando o dia 13 desse mês coincide com a sexta-feira, ele fica ainda mais azarado.
Muitos noivos deixam de se casar em agosto, não por mero costume social, mas porque acreditam mesmo no azar. Por esta palavra entendo as superstições e crendices de todo o tipo e não qualquer insucesso casual. Muitas pessoas acreditam de fato numa força oculta e misteriosa que traz a má sorte. Por isso, decisões, opções, negócios e comportamentos ficam sujeitos ao pensamento mágico.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Você já agradeceu a Deus por poder se confessar?

confissao

Muitos gastam tempo tentando justificar o motivo pelo qual deixam de se confessar e não se dão conta de que estão desprezando um grande presente de Deus… É tempo de misericórdia!

Os que não compreendem a fé católica afirmam com certa frequência: “Eu nunca poderei acreditar na confissão. Se erro, direi a Deus na intimidade da minha alma que sinto muito, e Deus me perdoará. Não tenho por que dizer os meus pecados a um simples homem para que Deus me perdoe”. Parece uma afirmação razoável, não é verdade? E, no entanto, está tão cheia de falácias como uma rede de pescador de buracos.

Em primeiro lugar, a questão não é saber se eu gosto da confissão ou se prefiro que se perdoem os pecados. Se Jesus Cristo, verdadeiro Deus, ao instituir o sacramento da Penitência como meio necessário para o perdão dos pecados cometidos depois do batismo, fez da confissão dos pecados ao sacerdote parte essencial do sacramento, então esse é o modo de fazê-lo. Nós não temos a liberdade de escolher e de recusar, quando Deus já se pronunciou. Não podemos dizer: “Eu gostaria mais que fosse de outra maneira”.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

A missa como sacrifício

Resultado de imagem para Missa

Na Missa, Jesus não é “morto de novo e de novo”, como alguns críticos reivindicam, mas Ele é oferecido continuamente, numa oblação pura, desde o nascer até o pôr do sol.

Sabemos que ainda não somos dignos do céu. É por isso que somos dependentes do cálice que recebemos na Missa, o sangue de Jesus, cujo “sangue aspergido… fala mais misericordiosamente do que o sangue de Abel”. O sangue de Cristo, o cálice do Seu sangue, purifica os pecadores arrependidos e é, para eles, um cálice de bênção e de perdão.

A Igreja Católica ensina que a Sagrada Comunhão remove todos os pecados veniais da alma do pecador. Através de nosso contato com Jesus tornamo-nos, pela graça, o que Ele é por natureza. Participamos de Sua natureza. Ele é todo puro, todo santo, e por isso, Seu toque nos purifica. O que Ele diz ao leproso é igualmente válido para nós: “Eu quero, fica purificado” (Mt 8,3).

Ensinamentos da Igreja sobre a morte

tumblr_l92ntvfcu51qclpp6o1_500_large

A Gaudium et Spes, do Vaticano II diz que: “É diante da morte que o enigma da condição humana atinge o seu ponto mais alto” (GS 18). Em certo sentido, a morte corporal é natural; mas, para a fé, ela é na realidade “salário do pecado” (Rm 6,23; Gen 2,17). E, para os que morrem na graça de Cristo, é uma participação na morte do Senhor, a fim de poder participar também de sua Ressurreição (Rm 6,3-9).

A igreja ensina que o nosso sofrimento é consequência do pecado original, por isso o homem deve sofrer “a morte corporal, à qual teria sido subtraído se não tivesse pecado” (GS 18).

terça-feira, 8 de agosto de 2017

8 dicas para aproveitar melhor a missa

missa-catolico

Muitos vão à missa com a expectativa de tirar proveito dela, mas o que se obtém na missa depende de que tipo de mudança a pessoa está disposta a fazer antes, durante e depois da celebração, porque o que você dedica à missa determina o que você obterá dela.

Permita-me dar 8 sugestões que me ajudaram a tirar mais proveito da missa:

1. Prepare-se adequadamente para a missa

– Leia e estude as leituras antes de ir à missa, e escute com atenção quando se proclama a Palavra.

– Estude os ensinamentos da Igreja. Quanto mais você conhecer Jesus e sua Igreja, mais os amará. Não se pode amar o que não se conhece.

– Confesse-se regularmente. Isso lhe ajudará a preparar-se espiritualmente.

O uso dos sacramentais na luta contra o Mal

sacramento1

OCatecismo da Igreja diz que “Chamamos de sacramentais os sinais sagrados instituídos pela Igreja, cujo objetivo é preparar os homens para receber o fruto dos sacramentos e santificar as diferentes circunstâncias da vida” (§1677). Entre os sacramentais, figuram em primeiro lugar as bênçãos (de pessoas, da mesa, de objetos e lugares). Toda bênção é louvor Deus e pedido para obter seus dons. (n.1672).

Índice Por Categorias


Carregando...

Google+ Followers