Notícias deslizantes

Menu

terça-feira, 4 de abril de 2017

O verdadeiro Lutero, seus ditos e obras anticristãs. Link corrigido

O Pe Leonel Franca nasceu em 7-1-1893, em São Gabriel, RS.
Ingressou na Companhia de Jesus em 12-11-1908.
Em 1912 foi estudar filosofia na Universidade Gregoriana, Roma,
onde recebeu o título de Doutor em Teologia (1924).
Durante sua estadia na Cidade Eterna

publicou “A Igreja, a Reforma e a Civilização” (1923).
Em 1928, fundou a Universidade Católica de Rio de Janeiro,
da qual foi Reitor magnífico durante oito anos.
Rendeu sua alma a Deus em 3-9-1948.

No nosso último post "Arqueólogos e peritos policiais investigam casas de Lutero e descobrem fatos sobre o fundador do protestantismo", incluimos um link errado que deveria conduzir a excertos da esplêndida obra do Pe. Leonel Franca "A Igreja, a Reforma e a Civilização".
Apresentamos a continuação o link certo, rogando a compreensão de nossos assinantes. Basta clicar no link abaixo.

Para conhecer mais sobre o que ensinava de fato Lutero, veja o interessante e erudito trabalho do Pe. Leonel Franca S.J., fundador da Universidade Católica de Rio de Janeiro, da qual foi Reitor magnífico durante oito anos.


Ou acessar diretamente os títulos escolhidos:

Lutero e o protestantismo evangélico denunciados pelo Pe. Leonel Franca S.J.

Toda a verdade sobre o protestantismo evangélico
Lutero: golpe contra a vontade
O porco no chiqueiro: ideal moral de Lutero!
A contestação protestante demolindo as verdades consoladoras
A recusa da confissão, do perdão e da Eucaristia
Negação do valor das boas obras
Emancipação de todo vínculo moral
Deturpando os Evangelhos
Corrupção dos costumes
Lutero: o “berço do puro Evangelho” virou “foco de abominável corrupção”
Muskulus: “não é possível piorar”
A obra-prima do fanatismo
Degeneração do casamento e desprezo da mulher
Da ‘segunda união’ ao ‘amor livre’ pelo divórcio e a poligamia
Extinguindo a santidade do matrimônio com a pastoral ‘misericordiosa’ de Lutero
O ‘reino do Evangelho’ vira ‘império da embriaguez e de todos os vícios’
Desaparição do amor e do respeito ao pobre

ANEXOS:

Profissão de fé de São Pedro Canísio S.J.: “abomino Lutero, detesto Calvino, amaldiçoo todos os hereges”

Plinio Corrêa de Oliveira

Lutero: não e não
Lutero pensa que é divino

Fonte: Ciência confirma a Igreja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Índice Por Categorias


Carregando...

Google+ Followers