Notícias deslizantes

Menu

sábado, 17 de junho de 2017

Não alimentemos a raiva em nosso coração

Resultado de imagem para Não alimentemos a raiva em nosso coração

A Palavra para reflexão está em Efésios 5,9-11:
"Procedei como filhos da luz. E o fruto da luz é toda espécie de bondade e de justiça e de verdade. Discerni o que agrada ao Senhor e não tomeis parte nas obras estéreis das trevas, mas, pelo contrário, denunciai-as."
Não alimentemos a raiva em nosso coração
O homem e a mulher de Deus produzem frutos que vem de Deus. Ao caminharmos com Ele, geramos frutos de justiça, bondade e verdade. Quem pertence a Cristo não vive na mentira, pois esta gera em nós medo e inquietação, e o medo nos enfraquece.

Nossa casa tem de ser a casa de Deus
O Espírito Santo movimenta nosso interior. Ele é a vida em abundância. Onde Deus se faz presença, ali prevalece a paz. Numa casa onde Deus é presença constante, as diferenças não separam, mas unem, tornam-se riquezas e valores que se agregam.
A raiva distancia corações
Deus nos respeita, Ele não invade nosso coração, mas pede licença para entrar. Onde Ele não habita, o inimigo arromba a porta e entra. O mal só é mandado embora com oração. Não permitamos que o inimigo habite nossa casa, porque ele é o pai do pecado e da angústia.
Se estivermos com raiva, não tomemos decisões importantes, pois assim não agiremos inspirados pelo Espírito Sato. Quanto maior for o sentimento que temos por uma pessoa, na hora da raiva, ela será maior. Que essa raiva não tome conta de nós nem nos domine. Se quisermos ser bondosos, temos de ir ao encontro da bondade.
O que fazer quando estamos irritados?
Primeiramente, afastemo-nos dos sentimentos que alimentam a raiva em nosso coração. Mudemos o foco! Depois, coloquemo-nos em oração, peçamos ajuda ao Senhor, para que Ele acalme nosso coração e nos dê paz. O próximo passo é ter gestos de mansidão. Se ofendemos e nos irritamos com aqueles que convivem conosco, tenhamos gestos de ternura para com eles, peçamos-Lhe perdão.
A grande vitória da tentação é produzir o ódio dentro de nossa casa. Vençamos o ódio com o bem, a ternura e o amor. Se falatório mudasse a vida das pessoas, com certeza nossa casa estaria mudada. O que muda nossa vida é o amor! Palavras boas edificam, por isso tratemos as pessoas com bondade, justiça e verdade.
Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova
www.cancaonova.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Índice Por Categorias


Carregando...

Google+ Followers