Notícias deslizantes

Menu

sábado, 15 de julho de 2017

Alegrar-se com os outros

Resultado de imagem para Alegrar-se com os outros

“Se não alimentamos a nossa capacidade de rejubilar com o bem do outro, concentrando-nos sobretudo nas nossas próprias necessidades, condenamo-nos a viver com pouca alegria” (Papa Francisco – sobre o amor na Família). Essa frase do Papa nos faz parar e refletir sobre a alegria… Então, até que ponto estamos nos alegrando com o outro, com as pessoas que estão ao nosso redor, ou será que estamos tão focados em nós mesmos que nem percebemos o outro?

Sim, estamos diante de um propósito de vida, e para isso, devemos nutrir em nós a vontade de se alegrar com o bem do próximo, e não olhar para o outro com um olhar de inveja, e sim de jubilo. Afinal, até quando vamos viver com pouca alegria porque não nos alegramos com o bem do outro? Claro, ninguém deseja viver com pouca alegria, ao contrário, queremos viver com bastante alegria; portanto, precisamos dar um passo importante: alegrar-se com os outros
E a família é o local para exercitar o alegrar-se com os outros… “Alegra-se com o bem do outro, quando se reconhece a sua dignidade, quando se apreciam as suas capacidades e as suas boas obras. Isto é impossível para quem sente a necessidade de estar sempre a comparar-se ou a competir, inclusive com o próprio cônjuge, até o ponto de se alegrar secretamente com os seus fracassos” (Papa Francisco – sobre o amor na Família). Os cônjuges ao invés de disputar, devem dar este exemplo para os filhos: se alegrar com as vitórias de ambos.
“A família deve ser sempre o lugar em que uma pessoa que conquista algo de bom na vida, sabe que vão com ela se alegrar(Papa Francisco – sobre o amor na Família).
Cleto Coelho
http://blog.cancaonova.com/temjeito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Índice Por Categorias


Carregando...

Google+ Followers