Notícias deslizantes

Menu

sábado, 15 de julho de 2017

Quem você precisa perdoar hoje?

Imagem relacionada

A Palavra meditada está em Eclesiástico 28,1-9:
"Quem quer vingar-se encontrará a vingança do Senhor, que pedirá severas contas dos seus pecados. Perdoa ao próximo que te prejudicou: assim, quando orares, teus pecados serão perdoados. Um ser humano guarda raiva contra outro: como poderá pedir a Deus a cura? Se não tem compaixão do seu semelhante, como poderá pedir perdão dos seus pecados? Se ele, que é um mortal, guarda rancor, * { como é que pede perdão a Deus? } quem é que vai interceder pelos seus pecados? Lembra-te do teu fim e deixa de odiar; pensa na destruição e na morte, e persevera nos mandamentos. Pensa nos mandamentos e não guardes rancor do teu próximo. Pensa na aliança do Altíssimo e não leves em conta a falta alheia."

Hoje, Deus quer nos mostrar que, quando uma pessoa coloca a vingança como um propósito da sua vida, ela abandona a misericórdia do Pai e se coloca diante da justiça. Que justiça é essa? Quando julgamos alguém, colocamo-nos em comparação, pois se ela não presta para nós, significa que nós prestamos, e por isso Deus nos avaliará de forma justa, analisando todos os nossos pecados.
A Palavra diz: "Quem quer se vingar encontrará a vingança do Senhor, que pedirá severas contas dos seus pecados, ou seja, você abre mão de receber a compaixão do Senhor para pagar com justiça seus pecados. Isso não significa que Deus o castigará com doenças ou usará de seus filhos para puni-lo, mas Ele fará justiça. Se você exigir que a pessoa pague por aquilo que fez a você, Deus também exigirá que você pague pelos pecados que cometeu, da mesma forma que aquele que tem misericórdia e perdoa será perdoado.
Quando optamos por viver uma vida onde falta perdão, isso acaba impedindo diversas curas em nossas vidas, pois quando você não exerce o perdão, está se colocando em estado de enfermidade, sempre doente, pois o não perdoar nos enfraquece a ponto de causar não só doenças emocionais e espirituais, mas até mesmo doenças físicas.
Se um ser humano guarda raiva contra outro, como poderá pedir a Deus a cura?
Todos nós somos falhos, pecadores, mas sabemos que o correto é buscarmos a Deus e, de forma sincera, pedir Seu perdão, encontrarmos coragem de ir diante do Pai e nos reconhecermos como pecadores. Então, por que não usar dessa mesma coragem para perdoar aqueles que nos fizeram algum mal? É preciso ter coragem para perdoar assim como temos para pedir perdão, levando ao outro a misericórdia que o próprio Senhor tem para conosco.
Quem hoje necessita do seu perdão? Em vários momentos da nossa vida, seja na fase adulta ou quando ainda somos crianças, vivemos situações nas quais nos magoamos, sentimo-nos mal, mas isso não pode habitar para sempre dentro de nós, isso vai se tornando um peso para nossa vida. Mas se, em algum momento, você se abrir ao perdão, encontrará uma cura concreta e verdadeira para o seu coração, pois perdoar é sinal de libertação, faz com que sua vida ganhe sentido novamente.
Assim como Deus perdoa os outros, Ele também quer perdoá-lo, mas Ele não pode agir com misericórdia em sua vida, se você não tem um coração aberto. Lembre-se que, um dia, você estará diante de Deus e prestará contas de sua vida e de seus pecados. Lembre-se de sua aliança com Ele, passe por cima do erro do outro assim como o Senhor lhe pede.
Em muitos momentos de nossa vida, julgamos as pessoas, chegamos ao ponto de rotulá-las, seja de forma positiva ou negativa; e isso é um pecado muito grave, pois quando julgamos alguém, não conhecemos os motivos dela para ser assim, não sabemos de sua vida ou dos problemas que enfrenta, e acabamos esquecendo que o natural do ser humano é a mudança. Rotular alguém é não acreditar em sua mudança, e não acreditar na mudança é não acreditar em Cristo e na ação do Espírito Santo, que faz homens e mulheres novas, por isso devemos acreditar na mudança, não no nosso tempo, mas no tempo de Deus.
Encerro dizendo a você que quem quer curar suas feridas do passado, libertar-se e progredir não pode perder tempo culpando os outros. Existe uma palavra muito usada nos dias de hoje, chamada proatividade, é quando uma pessoa ignora as pessoas ao seu redor, mas tem seu foco em encontrar soluções para os problemas; e o Senhor nos pede para sermos proativos, parando de olhar os defeitos do outro e os perdoando, pois quando perdoamos, todos saem ganhando: eu, você, o outro e Deus.
Márcio Mendes
Missionário da Comunidade Canção Nova
www.cancaonova.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Índice Por Categorias


Carregando...

Google+ Followers