Postagem em destaque

Está preocupado com seus filhos? Eis alguns conselhos da Bíblia

PARENTS. DIVORCE, DAUGHTER

TORWAISTUDIO | Shutterstock

Abrir a Bíblia pode ser muito útil quando as preocupações o mantêm acordado à noite

No momento em que seguramos nosso filho em nossos braços, prometemos amá-lo com todo o nosso ser pelo resto de nossas vidas. O único problema com essa profundidade de amor é que ela vem com uma enorme quantidade de medo: medo de nossos filhos serem feridos, se perderem, ficarem doentes, morrerem, medo de nossa falta de habilidade como pais… A lista é interminável e esses medos continuam por muito tempo depois que nossos filhos saem de casa.

Como frequentemente é no caso de medos infundados – ou preocupações com coisas que estão além de nosso controle – eles geralmente vêm à noite, enchendo-nos de pensamentos sombrios que pioram à medida que as horas passam. Assim, embora possamos ser tentados a abrir um livro para nos distrair, recomendamos que nos voltemos para a Bíblia para ajudar a amenizar nossos medos e nos colocar em um caminho de confiança e esperança.

Em 1 João 4, 18, somos lembrados de procurar consolo no Pai Celestial. Afinal, Deus é amor e a força do Seu amor pode expulsar o medo que possamos sentir: “No amor não há temor. Antes, o perfeito amor lança fora o temor, porque o temor envolve castigo, e quem teme não é perfeito no amor”.

Este pensamento é ecoado nos Atos dos Apóstolos, onde Pedro salienta que através do nosso batismo nos é dado o grande dom do Espírito Santo, e Ele permanece conosco sempre:

“Pedro lhes respondeu: Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois a promessa é para vós, para vossos filhos e para todos os que ouvirem de longe o apelo do Senhor, nosso Deus” – Atos 2, 38-39.

Se olharmos para a mensagem de Paulo em Filipenses 4, 6-7, ele nos encoraja a abandonar nossos medos compartilhando nossas necessidades com Deus e focando na gratidão a fim de encontrar a paz:

“Não vos inquieteis com nada! Em todas as circunstâncias apresentai a Deus as vossas preocupações, mediante a oração, as súplicas e a ação de graças. E a paz de Deus, que excede toda a inteligência, haverá de guardar vossos corações e vossos pensamentos, em Cristo Jesus.”

Para renunciar nossos medos sobre nossos filhos, devemos continuar a aprofundar nossa própria confiança e fé em Deus – que ama nossos filhos mais do que nós mesmos jamais poderíamos. Ler a Bíblia nos ajuda a fazer isso.

Aleteia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Significados dos nomes dos “12 FILHOS DE JACÓ”

Qual a distância do caminho de sábado, na Bíblia?

Lia - A Primeira Esposa de Jacó

Na SEMANA passada

Os Significados dos nomes dos “12 FILHOS DE JACÓ”

Qual a distância do caminho de sábado, na Bíblia?

Lia - A Primeira Esposa de Jacó

SETH - 3º Filho de Adão

Quem foi Teófilo citado em Lucas?

12 - Uma mulher virtuosa é a coroa de seu marido,

Gênesis 12, - Vocação de Abraão