Postagem em destaque

Crer, Celebrar, Viver e Rezar

Imagem
JESUS É A ABSOLUTA MANIFESTAÇÃO DE DEUSELE ENSINOU-NOS A CRER"Não tenha medo. Apenas creia." Mc 5,36Crer conforme a Oração do CredoNela está a essência do que precisamos acreditar. É também uma poderosíssima oração, capaz de religar-nos a Deus, de unir-nos como Igreja, de aumentar-nos a e de afastartentações, maus espíritos e o inimigo. Por ela lembramos de todos importantes capítulos da Sã Doutrina, que professamos para a unção de nossa alma.

Carlos Magno: fortaleza de um santo num homem-fortaleza

Carlos Magno representado no cetro do imperador Carlos V

Carlos Magno representado no cetro do imperador Carlos V

Um espírito deformado diria que o próprio do católico é ser manso, humilde, misericordioso, e que, portanto, convém ser muito compassivo, terno, afável, ameno, com um sorriso muito atraente, apaziguante, característicos em muitos santos.
O católico, continuaria, é um ministro do Deus da paz, da misericórdia, de Nosso Senhor Jesus Cristo Homem Deus que disse de si mesmo: “Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração e vós encontrareis a paz para as vossas almas”.
Portanto, e aqui entra a distorção, não se pode imaginar um homem santo, venerado com o consentimento da Igreja na diocese de Aix-la-Chapelle, que dá a impressão de personalidade magnífica, cheia de força.

Esse santo, na realidade, não seria bem santo porque não seria como Nosso Senhor Jesus Cristo, completaria o objetante.
Ora, não há contradição nenhuma porque as virtudes cardeais que são: a Prudência, a Fortaleza, a Temperança e Justiça, indicam o nosso rumo.
As virtudes cardeais nos fornecem os meios e os modos pelos quais nós devemos alcançar o rumo que nós queremos que, em última análise, é o Céu.
Entre, as virtudes cardeais figura a virtude da Fortaleza. Fortaleza é ser forte. Um homem que a possui, e como um santo deve possui-la, ele próprio é uma fortaleza.
Vários heróis medievais procuraram tomar fortalezas como emblema de seu próprio escudo, e nós vemos na heráldica que nos mostra os escudos, brasões da Idade Média, um sem conta de escudo e brasões com emblema da fortaleza.
Carlos Magno procurou praticar a fortaleza com a perfeição com que os outros santos procuraram praticar as outras virtudes.
Todos os santos praticaram em sua vida as três virtudes teologais e as quatro virtudes cardeais, mas em grau heroico, não basta ter praticado bem, mas em grau heroico.
Cada santo é chamado pela graça para um determinado tipo de virtude. Por exemplo, São Francisco foi exímio na prática de virtude da pobreza. Santo Inácio de Loyola, exímio na prática da virtude da obediência, São Francisco de Sales a virtude da doçura, e assim por diante.

Carlos Magno em Aix-la-Chapelle é venerado como santo, e esteve para a Fortaleza, como São Francisco para a pobreza, etc., etc. Então, era missão dele, considerando a virtude da fortaleza apaixonar-se por ela, entusiasma-se por ela, e levá-la ao último ponto que deveria ser levada.
A virtude da Fortaleza, por causa do pecado original no homem, pode facilmente ser confundida com defeitos do homem.
Um brutamontes, um violento; um homem injusto, de trato desagradável, sem caridade, é um homem que abusa de sua superioridade.
Então, para que aparecesse o modelo da fortaleza, era bom que aparecesse um homem que tivesse uma personalidade ao mesmo tempo muito rica na fortaleza, mas que em cada ponto tinha um contraforte da fortaleza.
Ele era forte, mas amável, alegre, acolhedor, mas isto, mas aquilo. Isto é um primeiro aspecto da Fortaleza.
Mas em segundo lugar, não é só o “mas”, a gente não diz: “São Francisco de Assis era caridoso, “mas” também....”; não, é caridoso! não tem “mas”.
Então, em nenhum modo ele pratica a fortaleza sem “mas”? Pratica!
De que maneira ele pratica?
A virtude da Fortaleza era em tudo completada por um grande juízo, uma grande maturidade, um grande critério por onde ele fazia o uso muito inteligente, muito eficaz, de sua força.
Portanto dava a estocada dada no momento certo, do jeito certo, para liquidar com o homem ou o exército, ou a nação ruim, que fazia o mal e por isso merecia ser liquidada.

Detalhe de estatueta no Museu do Louvre. Fundo: teto catedral de Aix-la-Chapelle

Aquela descrição do exército de Carlos Magno que chega de longe, que primeiro são esse, e depois são aqueles, depois são aqueles outros, etc., e os dois que vão ficando com medo, e o rei dos lombardos que fica com vontade de se meter nas entranhas da terra...
Toma em consideração que os medievais achavam que o inferno fica no centro da Terra, e, portanto, meter-se no centro da terra é meter-se no inferno-
Quer dizer, fugir para o inferno de medo do que vai acontecer porque eles pecaram e agora vem Carlos o Forte, Carlos o Justo, Carlos o Santo, Carlos o Invencível, que chegou na hora para cumprir o desígnio de Deus.
Naquele tempo muito difícil de obter mármores porque os melhores mármores da Europa se encontram na Itália.
Mas Aix-la-Chapelle figura na Alemanha, portanto do outro lado dos Alpes, e atravessar os Alpes com mármores ou do Oriente que são lindíssimos e caríssimos, é uma façanha dificílima: cheia de possibilidade de desastre, estradas péssimas, então ia o cortejo e de repente caiu tudo com mármores, etc., em precipícios, etc.
Ele conseguiu mandar vir um belo número de colunas de mármores que Napoleão mandou roubar, e construiu uma igreja em louvor da Virgem Santíssima.
Carlos Magno era um grande devoto da Virgem, e é apresentado por ele como indo para o caixão com uma imagem da Virgem junto ao peito dele.
E a Catedral de Aix-la-Chapelle é em louvor de Nossa Senhora, era o imperador mariano, sobre cuja história santamente terrível está a iluminação do sorriso de Maria.
A posteridade considerou Carlos Magno.
E é a aclamação dos povos para o homem enorme que é como um bimbalhar de sinos que não acabam mais.

(Autor: Plinio Corrêa de Oliveira, excertos de conferência pronunciada em 15/11/90. Sem revisão do autor)

HM

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Significados dos nomes dos “12 FILHOS DE JACÓ”

Qual a distância do caminho de sábado, na Bíblia?

Lia - A Primeira Esposa de Jacó

Na SEMANA passada

Qual a distância do caminho de sábado, na Bíblia?

Os Significados dos nomes dos “12 FILHOS DE JACÓ”

Seis Salmos para nos ajudar a superar os momentos difíceis da vida

Quem foi Teófilo citado em Lucas?

Lia - A Primeira Esposa de Jacó

SETH - 3º Filho de Adão

Ostensório