Postagem em destaque

História da Igreja: Igreja e os Povos Bárbaros

Imagem
A partir do século IV, deu-se o importante acontecimento das invasões bárbaras no Império Romano, que contribuiu fortemente para constituir a Cristandade da Idade Média; os novos povos, a princípio repelidos pelos habitantes do Império, acabaram fundindo-se com estes, resultando daí o cristão medieval, que configurou a Igreja da sua época.

Alfonso IX: o rei guerreiro de Rosário na cintura

Alfonso IX, Rei de León y de Galicia (Santiago de Compostela, Catedral)

Santíssima Virgem não favorece somente quem reza o Rosário, mas recompensa também gloriosamente a quem com seu exemplo atrai aos demais a esta devoção.
Alfonso IX (1188-1230), rei de León e de Galicia, desejando que todos seus criados honrassem a Santíssima Virgem com o Rosário, resolveu, para animá-los com seu exemplo, levar ostensivamente um grande rosário, mesmo sem rezá-lo.
Bastou isto para obrigar toda a corte a rezá-lo devotamente.

O rei caiu enfermo com gravidade.
Já o acreditavam morto, quando, arrebatado no espírito diante do tribunal de Jesus Cristo, viu os demônios que lhe acusavam de todos os crimes que havia cometido.
Quando o divino Juiz já o ia condenar às penas eternas, interveio em seu favor a Santíssima Virgem.
Trouxeram, então, uma balança: em um pratinho da mesma colocaram os pecados do rei.
A Santíssima Virgem colocou no outro o rosário que Alfonso havia levado para honrá-la e os que, graças a seu exemplo, haviam recitado outras pessoas. Isto pesou mais que os pecados do rei.

Nossa Senhora da o rosário a São Domingos de Gusmão,
Alemanha, Aldekerk

A Virgem lhe disse logo, olhando-o benignamente:

«Para recompensar-te pelo pequeno serviço que me fizeste ao levar meu Rosário, te alcanço de meu Filho o prolongamento de tua vida por alguns anos. Emprega-os bem e faz penitência!»


Voltando a si o rei exclamou:

«Oh bendito Rosário da Santíssima Virgem, que me livrou da condenação eterna!»


E depois de recobrar a saúde, foi sempre devoto do Rosário e o recitou todos os dias.
Que os devotos da Santíssima Virgem tratem de ganhar o maior número de fiéis para a Confraria do Santo Rosário, a exemplo destes santos e deste rei.
Assim conseguirão na terra a proteção de Maria e logo a vida eterna: «Os que me derem a conhecer, alcançarão a vida eterna» (Eclo 24,31).

(Fonte: São Louis-Marie Grignion de Montfort, (em francês) “Le Secret Admirable du Très Saint Rosaire pour se convertir et se sauver”).

HM

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Significados dos nomes dos “12 FILHOS DE JACÓ”

Lia - A Primeira Esposa de Jacó

Qual a distância do caminho de sábado, na Bíblia?

Na SEMANA passada

Qual a distância do caminho de sábado, na Bíblia?

Os Significados dos nomes dos “12 FILHOS DE JACÓ”

Ostensório

Quem foi Levi, o filho de Alfeu? Era Mateus?

Quem foi Teófilo citado em Lucas?

Pentecostes